Jaguarari está entre os 270 municípios baianos que integram o Programa de Gestão Ambiental Compartilhada, com investimento de R$4, 25 milhões

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Governo Cuidando da Nossa Gente, traz uma boa notícia: Jaguarari será um dos 270 municípios baianos que vão integrar o Programa de Gestão Ambiental Compartilhada que dará suporte financeiro para o processo de organização e ampliação da autonomia em gestão ambiental dos municípios contemplados. 

O anúncio foi feito ontem (06/5) pelo governador Rui Costa, em cerimônia virtual, transmitida pelas redes sociais do Governo Estadual, que contou com a participação do secretário municipal de Meio Ambiente, Antônio Carlos Xavier, do senador Jacques Wagner, que preside a Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal, do secretário estadual de Meio Ambiente, João Carlos Oliveira e dos demais gestores e representantes de Consórcios de Identidade da Bahia. 

O PROGRAMA – A SEMA Bahia irá investir recursos da ordem de R$ 4,25 milhões na gestão ambiental. O aporte virá por meio do Programa de Gestão Ambiental Compartilhada (GAC), via a celebração de 18 convênios com consórcios públicos intermunicipais. O GAC ofertará aos municípios participantes suporte técnico com contratação de profissionais na área ambiental para a realização de licenciamento ambiental, fiscalização e outras demandas ligadas ao programa. Segundo Rui Costa, o plano do governo estadual é descentralizar a gestão ambiental, compartilhando ações por intermédio dos consórcios parceiros das prefeituras. 

Entre os 18 consórcios que integram o programa está o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Território do Piemonte Norte do Itapicuru, no qual o município de Jaguarari está incluso. O secretário estadual de Meio Ambiente, João Carlos Oliveira, entende que a política ambiental deve ser construída coletivamente e que os convênios ajudam a dar robustez à gestão ambiental nos municípios. 

“É um grande avanço em favor do meio ambiente o compartilhamento de ações entre Estado, consórcios e municípios, assim uma soma maior de recursos financeiros, material e humano podem ser empregados com maior amplitude e celeridade na política ambiental", comemorou o secretário de Meio Ambiente de Jaguarari, Antônio Carlos Xavier. 

Assessoria de Comunicação Social

0/Faça seu Comentário/Comments

Publicidade

Publicidade