Estado prorroga, até 30 de maio, inscrições para os cursos de qualificação profissional

O governador Rui Costa anunciou, na noite desta terça-feira (18), a prorrogação, até o dia 30 de maio, das inscrições para os 44 cursos gratuitos de qualificação profissional (Formação Inicial e Continuada - FIC), ofertados por meio do Programa Educar para Trabalhar. Os cursos são destinados a estudantes regularmente matriculados no Ensino Médio da rede pública estadual de ensino no ano letivo de 2020/2021, além dos egressos do Ensino Médio ou de cursos técnicos de nível médio (Educação Profissional e Tecnológica) que concluíram entre os anos de 2016 e 2020. As inscrições podem ser realizadas no endereço https://bityli.com/MgdKr

Com a mudança, a matrícula será realizada no período de 5 a 13 de junho, de forma automática, sem a necessidade da presença do candidato, e as aulas serão iniciadas no dia 14 de junho. Dentre os cursos ofertados, destacam-se: Programador de Dispositivos Móveis; Programador Web; Desenhista de Produtos Gráficos Web; Auxiliar de Laboratório de Microbiologia; Agente de Informações Turísticas; Assistente Administrativo; Desenhista da Construção Civil; Operador de Processos Químicos Industriais, Agricultor Agroflorestal; Confeiteiro; Padeiro; e outros. A relação completa dos cursos pode ser conferida na página do programa no Portal da Educação, no endereço www.educacao.ba.gov.br/educarparatrabalhar. 

São 200 mil vagas, distribuídas em 10 Eixos Tecnológicos, em um total de 3.567 turmas. Os cursos objetivam preparar os jovens e adultos para a inserção e a reinserção no mundo do trabalho. 

Requisitos - Entre os requisitos para a inscrição, o candidato deve ser residente e domiciliado no Estado da Bahia; possuir Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) válido; ser estudante regularmente matriculado no Ensino Médio da rede pública estadual de ensino no ano letivo de 2020/2021 e possuir frequência neste ano letivo; ou ser egresso do Ensino Médio e do curso da Educação Profissional Técnica de Nível Médio da rede pública estadual, no período de 2016 a 2020. 

O governador também falou sobre a visita e as entregas realizadas, nesta terça-feira, em Jaguaquara, onde esteve acompanhado pelo secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues. Rui anunciou a construção de um Complexo Poliesportivo Educacional no município, além de intervenções e modernização do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Alimentos e Recursos Naturais Pio XII, do Colégio Estadual Virgílio Pereira de Almeida e do Colégio Estadual Nossa Senhora Auxiliadora. 

Rui abordou, ainda, a questão dos benefícios concedidos aos estudantes e às famílias, por meio do Programa Estado Solidário. O programa Bolsa Presença oferece uma remuneração de R$ 150 mensais, durante seis meses, para famílias com estudantes matriculados na rede estadual e cadastradas nas faixas de pobreza e extrema pobreza do CadÚnico. Já os estudantes selecionados pelo Mais Estudo dão monitorias de Língua Portuguesa, Matemática e Educação Científica da Educação Básica, recebendo R$ 100 mensalmente. O Vale-alimentação, por sua vez, oferece um auxílio de R$ 55 por estudante.

Ascom/SEC

0/Faça seu Comentário/Comments

Publicidade

Publicidade