Nota de Esclarecimento da prefeitura de Jaguarari em relação a vacinação contra a covid-19

Após receber do Ministério da Saúde, por meio do Governo da Bahia, a quantidade de 237 doses da vacina produzida pelo Instituto Butantan, em parceria com o laboratório chinês Sinovac, Jaguarari iniciou, na quarta-feira, 20 de janeiro, a vacinação emergencial contra a covid-19. Ocorre que, obedecendo cronograma elaborado pelos governos federal e estadual, neste primeiro momento, estão sendo vacinados profissionais da saúde que trabalham na linha de frente no combate à pandemia. 

Trata-se de cronograma que deve ser cumprido rigorosamente por todos os municípios brasileiros Portanto, cabe à Prefeitura Municipal de Jaguarari cumprir o que está determinado em política nacional e estadual de imunização. 

O “Governo Cuidando da Nossa Gente” entende a expectativa da população de mais de 33 mil habitantes em torno da vacinação, mas está limitado ao quantitativo de doses recebidas e ao cronograma. 

O questionamento levantado na quinta-feira, 21 de janeiro, em edição do Jornal da Top FM e em redes sociais, por profissionais de saúde já desligados do quadro de servidores municipais quanto a não vacinação após a procura em postos de saúde deste município, deixa a entender que existe uma tentativa covarde de politização da vacina. 

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, existem 641 profissionais da saúde cadastrados no sistema do município e menos da metade desses conseguiram receber a primeira dose da vacina. Portanto, é importante deixar claro que as pessoas que levantaram o questionamento não foram atendidas simplesmente por não haver doses disponíveis, diferente do que foi maldosamente divulgado, transparecendo ser questão política. 

A Prefeitura de Jaguarari lembra ainda que os profissionais que estão na ativa e receberam a 1ª dose devem ser vacinados pela 2ª vez, a fim de que aconteça a devida imunização, isso logo que fornecida nova remessa pelo Governo Federal ao Estado da Bahia, que, por sua vez, fará distribuição aos municípios. 

Entretanto, não há estimativa de quando a vacinação será estendida para outros grupos. Isso pode demorar semanas ou meses, a depender do estoque das vacinas. Há hoje no país somente 6 milhões de doses disponíveis e autorizadas para uso, sendo que milhares delas já foram aplicadas. 

Ascom Jaguarari - Governo Cuidando da Nossa Gente

0/Faça seu Comentário/Comments

Publicidade

Publicidade