Ampliação da cobertura de celular nas estradas brasileiras


Todas as pessoas que precisam se locomover pelas estradas brasileiras estão acostumadas a ficar sem cobertura em determinados trechos, sendo muitas vezes, uma dor de cabeça e um risco.

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) da Câmara aprovou no dia 11 de dezembro de 2019 o projeto de lei 3.531/2015, determinando que as licitações da telefonia móvel deverão oferecer cobertura em todas as rodovias federais e estaduais, atendendo o prazo de dois anos para adaptação. Dessa forma, as operadoras de telecomunicações serão obrigadas a disponibilizar o serviço de voz nas estradas, porém ainda não será obrigatório o serviço de conexão a Internet.

Os custos de implantação da infraestrutura necessária para a ampliação da cobertura nas rodovias devem ser repartidos entre as empresas e governo, estando também previsto no texto aprovado o compartilhamento das torres de sinal entre outras instalações e equipamentos, dependendo somente da regulamentação das condições e custos envolvidos. Sabemos que parte desses custos podem ser repassados para o consumidor ao encarecer os preços dos serviços, mas não tem porquê se preocupar, pois com a portabilidade esse já não é um problema para os consumidores brasileiros, já que as operadoras sabem que um aumento de preço pode ocasionar perdas de clientes e por isso provavelmente evitem subir os preços.

Essa é uma pauta antiga que parece está se tornando realidade. Por enquanto, os serviços de telefonia continuam sendo prestados nas proximidades das sedes dos municípios. Para evitar surpresas, você pode saber as áreas de cobertura das operadoras de celular e não ficar sem sinal. O projeto de lei poderá entrar em vigor em até 90 dias, após a decisão da Câmara dos Deputados e aprovação nas seguintes etapas, resolvendo o problema de falta de sinal móvel nas estradas brasileiras.

Fonte: Podecomparar.com.br

Nenhum comentário