Escolas estaduais mobilizam estudantes, professores, funcionários e as famílias nas eleições do Colegiado Escolar


Foi dada a largada, nesta segunda-feira (29), para a escolha dos novos membros do Colegiado Escolar na rede estadual de ensino. As eleições, que seguem até sexta (2), acontece nos colégios da capital e interior. Com a missão de contribuir para a gestão democrática e participativa das escolas e visando a união de todos pela melhoria da educação pública, o Colegiado Escolar é composto por representantes dos estudantes, professores, funcionários e das famílias, para um mandato de dois anos.

O Colégio Estadual Severino Vieira, localizado no bairro Nazaré, em Salvador, promoveu atividades para atrair a comunidade para a votação. “Os pais estão comparecendo e os estudantes e funcionários também estão mobilizados para a eleição. Programamos para este primeiro dia oficinas voltadas à área de Nutrição, de confecção de bolsas e de susplat com caixas de leite e canudos de papel, bem como palestra sobre direitos do cidadão com o pessoal da Defensoria Pública. Espero que os novos representantes do Colegiado Escolar sejam tão atuantes quanto os que terminaram a sua gestão. Junto à gestão, os eleitos irão contribuir nas decisões que serão tomadas ao longo do ano letivo”, detalha a diretora Ana Paula Neves.

Joseneide Ramos, que concorre à eleição no segmento pais, considera importante que os pais e as mães, ou outros responsáveis pelo estudante, participem de momentos como este. “Os pais têm que participar mais da vida estudantil de seus filhos. E o Colegiado Escolar é o momento de agir, opinar e contribuir para uma escola melhor e uma educação de qualidade. Eu sempre participo da vida escolar de meu filho e incentivo outros pais a se envolverem também”, pontua.

No Colégio Estadual Azevedo Fernandes, localizado no Centro Histórico, a comunidade escolar também está envolvida com a votação. O estudante Eduardo Guilherme Neres, 12, 7º ano do Ensino Fundamental II, comemorou a sua participação. “Votei logo cedo. É importante que todos os alunos da escola participem da eleição, pois estamos escolhendo pessoas que serão nossa voz junto à gestão. Se queremos um colégio melhor, temos que colaborar para que aconteça”, declara. A funcionária Geolândia de Araújo Cruz destacou a importância do trabalho em equipe. “Cheguei cedo e voltei logo e também mobilizei os colegas e os professores para a votação. É importante que toda a comunidade escolar se envolva por esta causa, que é a busca de resultados positivos para a nossa escola”. Já no Colégio Estadual Edivaldo Boaventura, localizado no bairro do Stiep, os estudantes utilizam os Chromebook para a eleição informatizada, que, segundo a diretora Rogéria Martins dos Santos, mobilizou toda a comunidade escolar e, também, as famílias.

Eleição no interior – A eleição também movimenta as unidades escolares por todo o interior do estado. No Centro Territorial de Educação Profissional do Litoral Sul 2 (CETEP 2), em Itabuna (426 km de Salvador), a eleição acontecerá nesta quarta-feira (31), durante todo o dia. A coordenadora pedagógica Meire Marcia Cerqueira explica a mobilização na escola. “Cada candidato de cada categoria pede seus votos de forma independente, por meio de vídeos, panfletos, passagem em sala em sala e abordagem dos colegas no intervalo das aulas”.

A estudante Maria Luiza Silva Santos, 16, 1º ano, do curso de Logística, conta que aproveita a hora do recreio para pedir votos aos colegas. “Converso com meus colegas, falo sobre as ações que buscarei junto à direção da unidade, como por exemplo, as novas tecnologias para usarmos no nosso aprendizado; e sobre a valorização da cultura e dos esportes da nossa escola, para que possamos concorrer com mais força nos Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP)”, disse.

Na Escola Estadual Rodolfo de Abreu, que fica na zona rural da cidade de Jussiape (a 760 km de Salvador), o funcionário do setor administrativo, César Augusto Oliveira dos Santos, fala das suas intenções ao se candidatar para o Colegiado Escolar. “Quero melhorar o máximo possível a nossa escola, pois isso reflete em nossa comunidade. Por ser na zona rural, temos uma aproximação maior com os estudantes, todos se conhecem. Então, vou me basear, caso vença, no que os alunos desejam para melhorar a nossa unidade”.

Colegiado Escolar - O Colegiado Escolar garante a gestão democrática do ensino público na concepção, na execução, no controle, no acompanhamento e na avaliação dos processos administrativos e pedagógicos da ação educativa, através da participação da comunidade escolar e local. Dentre as ações prioritárias do colegiado, destacam-se: acompanhamento e avaliação do Projeto Político Pedagógico (PPP) da escola e do Plano de Gestão e do Regimento Escolar; monitoramento e parceria com o corpo docente e equipe gestora para cumprimento do Calendário Escolar; participação no planejamento, análise e aplicação dos recursos financeiros; e articulação com a equipe gestora, incentivando o desenvolvimento de ações para a integração entre a escola, a comunidade e o território.

Fotos: Claudionor Jr

Assessoria de Comunicação
Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Nenhum comentário