Preso um dos criminosos mais procurados de Pernambuco "Nego de Lídio", capturado no estado do Piauí


Nesta última quarta-feira dia (28), Policiais da Força Tarefa Bacos, da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, e o BEPI , contando com a colaboração do 19°BPM/PMPI e do Núcleo de Inteligência da SSP/PI, prenderam um dos mais procurados criminosos do Estado de Pernambuco, o lendário JERRY ADRIANI GOMES DA SILVA, de 49 anos, Vulgo "Nego de Lídio", que estava foragido da Penitenciária Barreto Campelo desde 18 de dezembro de 2014, e homiziado no Estado do Piauí, mais precisamente na Fazenda Água Viva, município Redenção do Gurguéia-PI.

Na data 28 de fevereiro de 2018 foi desencadeada a operação e após incursões na Fazenda Água Viva, na zona rural da cidade de REDENÇÃO DO GURGUÉIA-PI, foi localizado o imputado que após a abordagem confirmou que estava foragido, onde fugou através de um túnel, após faltar energia no Complexo Prisional, devido a uma explosão que ocorreu na subestação de energia do Curado, Recife-PE.

Com o imputado foi encontrado o seguinte material: 02 pistolas Cal. 380, sendo 01 PT 58 HC PLUS (n°KSA10722) com 02 carregadores e 01 PT 58 SS (n° KOE90835) com 03 carregadores, juntamente com 73 (setenta e três) munições Cal. 380, além de uma espingarda CBC cal.12(n° 1195070) com 07 munições Cal.12, bem como 05 munições Cal. 28.

O imputado é responsável pela morte do líder comunitário Fulgêncio da Silva, do Projeto Caraíbas, na década de 90, o aludido projeto Caraíbas também leva o nome "Projeto Fulgêncio" em homenagem ao líder morto.

Em 2001, "Nego de Lídio" é responsável por 02 assaltos a Carros-Fortes (Alto do Engenheiro, município de Ouricuri) , juntamente com a quadrilha de Jardiel Ribeiro Dantas.

Primeiro registro da modalidade "novo cangaço" do país, em 2003, na cidade Ribeira do Pombal-BA.

Também é apontado como autor de aproximadamente 25 (vinte e cinco) homicídios na região de Santa Maria da Boa Vista, no Sertão pernambucano.

"Nego de Lídio" estava cumprindo pena de 47 anos e aguardando 03 júris populares.

O imputado foi encaminhado para a Força Tarefa Bancos de Pernambuco, para adoção das medidas decorrentes.

Com informações: SDS - PMPE - DIRESP - BEPI

Nenhum comentário