Seja muito Bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia  Jaguarari-BAHIA,

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Governo da Bahia anuncia investimentos para agricultores familiares de Itiúba

Após um final de semana chuvoso, o sol brilhou, em Itiúba, para receber as boas novas trazidas pelo Governo da Bahia. Em visita ao município nesta segunda-feira (31), o governador Rui Costa autorizou a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), a celebrar quatro convênios no âmbito do projeto Pró-Semiárido, com total de investimentos de R$ 924.5 mil, para beneficiar diretamente 453 famílias.

Centenas de agricultores e agricultoras do município compareceram à sede de Itiúba para ouvir os anúncios de investimentos, que incluíram também a autorização do convênio, no âmbito do Bahia Produtiva, projeto executado pela CAR/SDR, com a Associação dos Moradores da Fazenda Morcego, selecionada no edital aquicultura e pesca, com investimento de R$ 234 mil, beneficiando 20 famílias de agricultores.

O governador Rui Costa, que esteve acompanhado do Secretário da SDR, Jerônimo Rodrigues, na oportunidade, anunciou ainda investimentos de R$50 mil para limpeza e requalificação de aguadas em comunidades rurais em Itiúba, visando aumentar a capacidade de acumulação de água e atender 80 famílias do município. Também foi entregue um caminhão tipo caçamba para prefeitura municipal de Itiúba, no valor de R$184 mil.

Os investimentos são voltados para a convivência produtiva do homem com o clima semiárido, obtendo segurança alimentar e renda. O secretário Jerônimo Rodrigues falou sobre a importância da agenda para a agricultura familiar da região: “Seguindo a agenda do governo, nós teremos a estrada com uma grande importância econômica, para escoar a produção, trazer insumos, fazer mutirões de assistência técnica. A água para consumo humano e para a produção é outra agenda importante para a agricultura familiar”.

Rodrigues continuou: “teremos também a união de dois projetos nossos. O Bahia Produtiva voltado para a piscicultura, com ações nos açudes de Comandaroba e Jacurici, onde tem uma colônia de pescadores que precisa de um fomento à produção, investindo na base produtiva. Quando a produção estiver dinamizada, o Pró-Semiárido vai atuar agregando valor e beneficiando a produção. E, hoje, assinamos dois convênios importantes para as cadeias da fruticultura e da caprinocultura. E, vamos colocar para funcionar uma ação que está parada há bastante tempo, que é a conclusão da obra do frigorífico, que será um instrumento importante para o Pró-Semiárido, no desenvolvimento do trabalho com os caprinos”.


Para Miguel Barbosa dos Santos, presidente da Associação dos Produtores Rurais e Amigos da Fazenda Maria dos Santos, foi um momento de concretização: “Viemos para a assinatura dos convênios do Pró-Semiárido que deve ajudar no crescimento da agricultura familiar das nossas comunidades. Espero que a gente seja atendido nas demandas por investimentos em caprinos e ovinos, quintais e cisternas, que colocamos nas assembleias do projeto. Esse é um momento grandioso para a nossa comunidade”, disse.

Sobre o Pro-Semiárido
O Pró-Semiárido é parte integrante de um conjunto de compromissos do Governo da Bahia para seguir avançando na erradicação da pobreza. O projeto é financiado pelo Acordo de Empréstimo com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) no montante de U$ 95,00 milhões para o período 2014/2020. Entre seus objetivos estão o apoio e o fortalecimento às principais cadeias produtivas dos agricultores familiares na região, como a fruticultura de espécies nativas, a apicultura, a caprinovinocultura e a bovinocultura de leite.

No Território do Sisal, além do município de Itiúba, também está contemplado com o projeto o município de Queimadas. No total, estão previstos mais de R$ 7.5 milhões para serem investidos no território, até 2020. Os convênios assinados, nesta segunda-feira, integram um total de 75 convênios do Projeto Pró-Semiárido, no valor total de mais de R$ 15 milhões, beneficiando 3.392 famílias de 126 comunidades rurais de 23 municípios.

Ascom

0 comentários:

Postar um comentário

Não há suporte a flash!