Seja muito Bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia  Jaguarari-BAHIA,

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Jaguarari: Familiar de vítima de homicídio em 2012 desabafa sobre o resultado do julgamento

"Em 2012 Jaguarari vivenciou um dos crimes mais bárbaros já vistos até então. Aos olhos de Deus não temos o direito de ceifar a vida de ninguém. Mas aquela que seria a base de uma família resolveu sabe-se por que motivos, por fim a uma vida. Nada que este homem tenha feito ou deixado de fazer justifica tamanha crueldade. Todos esses anos meu filho espera uma ligação que nunca irá acontecer, ele tinha planos com seu pai. Deus como queríamos acordar desse pesadelo. Essa dor irá nos acompanhar para o fim de nossas vidas. A justiça do homem é valida para que? Uma mulher que comete essa barbárie quer se isentar de uma punição alegando Transtorno Bipolar Afetivo. Nada irá trazê-lo de volta, mas que o Poder Judiciário desta Comarca, fosse mais incisivo em uma decisão. Regime semi-aberto, isso leva a certeza de impunidade. Uma mulher que vai ri na face da sociedade ao final do seu julgamento. Esse é nosso pais, condeno você que teve a vida ceifada e liberto seu ceifador. Ele se foi e muitos nem lembram dele, curso normal da vida, mas para sua família continua a dor e a saudade. A indignação com esta decisão, nos leva á acreditar na vulnerabilidade do sistema judiciário. Não importa se é ré primaria, o que ela fez foi premeditado e de uma tamanha crueldade".


Relembre o caso: http://www.portaljaguarari.com.br/2012/09/homem-que-teve-corpo-queimado-por-sua.html

0 comentários:

Postar um comentário

Não há suporte a flash!