Policiais militares salvam bebê de dois anos engasgada em Simões Filho (BA)

Um grande susto seguido de alívio. Essa foi a sensação do tenente Lira após ter salvado a vida de uma bebê de dois anos ao realizar a manobra de heimlich, para desengasgar e liberar as vias aéreas. Essa história com final feliz aconteceu na noite de terça-feira (5), quando o tenente, juntamente com o soldado Pires da 22ª CIPM, estavam em ronda pelas ruas de Simões Filho e foram chamados pelo porteiro de um condomínio de casas, que estava desesperado, na localidade da Via Universitária. 

Ao atender o chamado, logo apareceu uma mãe com a filha nos braços junto com os familiares pedindo ajuda. A menina havia se engasgado com um objeto não identificado e apresentava sinais evidentes de desconforto e dificuldade respiratória. Nesse momento, os pais, que estavam em pânico, já haviam tentado removê-lo, mas sem sucesso. 


Em razão da urgência, prontamente o tenente Lira iniciou os procedimentos de desobstrução das vias aéreas da criança no próprio local. Foram duas tentativas sem sucesso. “Eu sou pai e pensei logo em meu filho. Foi angustiante ter a vida dela em meus braços, eu tinha que salvar, não pensei em desistir”, contou o policial militar. Na terceira tentativa a bebê conseguiu expelir o objeto, voltando, para o alívio de todos, a falar e sorrir normalmente. 

Os policiais entregaram a criança aos pais e aconselharam para que a levassem a um médico para avaliação. Os pais contaram aos pms que no momento em que ela começou a ter dificuldade respiratória, estava brincando. Há suspeita de que a menininha possa ter engolido alguma peça de brinquedo. 

Mais tarde, refeita do susto, a mãe da criança publicou nas redes sociais um agradecimento emocionado aos policiais e a todos que se envolveram e ajudaram: “Nunca vou ter palavras para agradecer. Vocês foram anjos na vida de minha filha!”.



DCS/PMBA

0/Faça seu Comentário/Comments

Publicidade

Publicidade