Deputada Talita Oliveira cobra secretário da Saúde da Bahia em CPI da Covid por compra malsucedida de respiradores: 'Não esquecemos tamanha negligência'

A deputada estadual Talita Oliveira (PSL) voltou a cobrar, em uma publicação feita nas redes sociais na tarde desta segunda-feira (3), apuração por parte da CPI da Covid pela compra malsucedida de respiradores mecânicos feita pelo Consórcio do Nordeste. 

O tuíte ocorreu após a veiculação da notícia do senador Eduardo Girão (Podemos), membro da comissão, ter apresentado requerimento para convocar os secretários da Saúde de Alagoas, Ceará, Sergipe, Pernambuco, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte e, também, da Bahia. 

"A CPI mira a compra mal sucedida de respiradores pelo Consórcio do Nordeste, gerido, à época, por Rui Costa, do PT. A irresponsabilidade de depositar milhões antecipados a uma empresa que comercializa medicamentos à base de maconha custou caro", escreveu Talita. 

"Não esquecemos tamanha negligência e que os verdadeiros responsáveis sejam punidos. Foram diversas vidas que poderiam, sim, ter sido salvas com os equipamentos", acrescentou a deputada, uma das principais vozes apoiadoras do presidente Jair Bolsonaro no estado. 

Em seu texto, Girão fala de dois contratos: o primeiro firmado com a empresa HempCare, no valor de R$ 48 milhões, para a aquisição de 300 respiradores. O segundo foi firmado com a empresa Pulsar, no valor de US$ 7,9 milhões, para a compra de 750 respiradores pelo consórcio. 

Ascom / Deputada Talita Oliveira

0/Faça seu Comentário/Comments

Publicidade

Publicidade