Armamentos e coletes chegam para policiais civis do Extremo Sul da Bahia


Delegados, escrivães e investigadores que atuam no Extremo Sul do estado receberam, na manhã desta sexta-feira (9), novos coletes balísticos, pistolas Glock modelo 22, geração 5, fabricadas na Áustria, além de fuzis e espingardas semiautomáticas, calibres 5,56 e 12, respectivamente. 

Foram investidos nas aquisições cerca de R$ 380 mil, provenientes do Fundo Especial de Aperfeiçoamento dos Serviços Policiais (Feaspol). Os novos equipamentos auxiliarão no trabalho de policiais civis das 8ª e 23ª Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior (Coorpins/Teixeira de Freitas e Eunápolis). 


O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbos, entregou os armamentos e coletes, destacando que são mais resistentes, modernos, confortáveis, leves e de fácil manuseio. A solenidade aconteceu, na sede do Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) de Porto Seguro. 

“Trabalhamos sempre pensando em melhorar as estruturas e equipamentos para os servidores. Armamentos e coletes balísticos são itens fundamentais na atividade policial", ressaltou Barbosa. 

O diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis, e o titular da Coordenação de Fiscalização de Produtos Controlados (CFPC), delegado Fábio Santos, participaram do evento. 




Assessoria de Comunicação 
Secretaria da Segurança Pública da Bahia

0/Faça seu Comentário/Comments

Publicidade

Publicidade