Moradores de Santaluz fazem São João regado a muita música, álcool e aglomeração


Que muita gente sabia que o São João esse ano, seria em casa, era notório. Mas, moradores da cidade de Santa Luz, na região centro-norte da Bahia, exageraram um pouco na dose.

No último domingo (21), um grupo se reuniu na Fazenda Velha Pedreira, local onde eram realizadas as vaquejadas no município, que fica distante 258 km de Salvador, para fazer um forró antecipado, com direito a trio nordestino, fogueira acesa e muita bebida alcoólica.

Em vídeos que circulam nas redes sociais, pessoas aparecem próximas uma das outras, sem qualquer preocupação com o isolamento social. Além disso, nenhuma delas usa máscara, item de proteção que deve ser usado para se proteger do novo coronavírus. De acordo com dados da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), Santaluz tem 36 casos confirmados de Covid-19 e uma morte.

Porém, de acordo com um leitor do M!, os eventos têm sido corriqueiros no local. Um áudio enviado por esta mesma pessoa apontou, por outro lado, que a Vigilância Sanitária do município teria ido à fazenda e notificado a dona da festa.

O cidadão que verificar quaisquer eventos com aglomerações no município de Santaluz, pode ligar para o telefone (75) 3265-2537 e realizar a denúncia junto ao órgão municipal (VIEP). O funcionamento ocorre todos os dias, das 8h à 0h.

Continuação

Infelizmente, dá pra dizer que o mau exemplo, vindo da população, deverá se repetir nesta terça-feira (23), véspera do dia em que se celebra São João. O sistema ferry-boat, na Cidade Baixa, na capital baiana, vem registrando, nos últimos dias, uma fila imensa de carros que visam chegar até a Ilha de Itaparica e as cidades do baixo-sul do estado para aproveitar o período.

Além disso, com a rodoviária de Salvador fechada, muita gente tem dado o "jeitinho brasileiro" para passar o São João fora da capital baiana. Na BR-324, na altura da Brasilgás, ainda em Salvador, a procura de pessoas pelo transporte clandestino tem sido grande na região.

Barrados no baile

Mas talvez nem todos tenham sorte em tentar passar o período junino fora de Salvador. No último sábado (20), um grupo que saiu da capital baiana em direção à Cruz das Almas, no Recôncavo, foi barrado em uma Barreira Sanitária na entrada do município.

De acordo com portal Cruz das Almas News, um veículo que estava fazendo carona coletiva e transportando três pessoas de Salvador foi abordado por equipe de profissionais de saúde, agentes de trânsito e policiais.

Ao não comprovarem residência no município, foram orientadas e direcionadas a retornarem ao seu município de origem. No entanto, o grupo chegou a forçar a entrada no município a pé. Eles acabaram sendo levados para a delegacia.

Fonte: Muitainformaçao.com.br

0/Faça seu Comentário/Comments

Publicidade

Publicidade