Ibametro apreende centenas de brinquedos irregulares do mercado

Foto: Brinquedos aprendidos 

Um total de 253 brinquedos irregulares, que poderiam trazer danos à saúde e segurança das crianças, foram apreendidos pelo Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), órgão delegado do Inmetro na Bahia, na Operação Dia das Crianças, finalizada ontem dia 10. Os produtos de origem chinesa, em sua maioria, não possuíam Selo Inmetro, compulsório para todo e qualquer brinquedo comercializado no Brasil, seja nacional ou importado. O Selo é uma garantia de que o produto passou por testes diversos e é seguro para as crianças.

A Operação foi realizada na capital e interior do Estado, sendo que os itens irregulares foram encontrados em lojas e mercadinhos de Salvador e da região de Itabuna. No total, foram visitados 40 estabelecimentos comerciais, sendo os produtos alvo da operação, além de brinquedos diversos, bicicletas, berços, carrinhos para locomoção de crianças e dispositivos de retenção utilizados para segurança delas no transporte em veículos.

“Apesar dessa ação intensa de fiscalização, que fazemos anualmente para retirar do mercado os produtos potencialmente perigosos às nossas crianças, os comerciantes de má fé seguem burlando a legislação metrológica e disponibilizando produtos não conformes e que podem causar acidentes de consumo. Por isso, nós decidimos que, no período do Natal, vamos dobrar o efetivo nas ruas visando um maior enfrentamento da questão”, alertou o diretor geral do Ibametro, Randerson Leal.

Ele orienta aos pais que busquem o Selo Inmetro nos brinquedos e em outros artigos de uso infantil. “Quanto aos brinquedos, muita atenção à faixa etária para evitar os acidentes como a ingestão de peças pequenas, e produtos com extremidades que possam ocasionar cortes e machucados. Lembro também a importância da compra no mercado formal e de solicitar a nota fiscal, para eventuais reclamações posteriores”, acrescenta

Mais recomendações: Retire a embalagem do brinquedo antes de entregá-lo à criança, a fim de prevenir acidentes com grampos e similares, e até mesmo o risco de sufocamento com sacos plásticos. Brinquedos eletrônicos: os pais devem redobrar a atenção com esses brinquedos. Se usados indevidamente, ou se mal projetados ou construídos, podem causar graves acidentes, como choque elétrico ou queimaduras.

Leia com atenção as instruções de uso presentes na embalagem ou em seu interior e procure repassar estas instruções para a criança. Procure, ainda, supervisionar o uso do brinquedo pelas crianças.

Denúncias: Em caso de brinquedos e outros produtos suspeitos, denuncie para a Ouvidoria do Ibametro pelo telefone 0800 071 1888 ou pelo Aplicativo do Ibametro, disponível gratuitamente para smartphones.

Ascom - Ibametro

Nenhum comentário