Ibametro divulga resultado da Operação Cosme e Damião


O Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), órgão delegado do Inmetro na Bahia, divulga o resultado da Operação Cosme e Damião, realizada nesta segunda quinzena de setembro, com o objetivo de fiscalizar produtos utilizados nos tradicionais carurus. Dos 100 exames realizados in loco, no comércio, para avaliar se a pesagem do produto estava correta, evitando prejuízos ao consumidor, um total de 10% dos itens foram reprovados, sendo o principal vilão o camarão seco.

Estes produtos também foram fiscalizados no aspecto qualitativo para verificar se as informações obrigatórias de cada produto (como especificações de composição, pesos e medidas) constavam nos respectivos rótulos e embalagens. Em 47 produtos foram constatados problemas de indicação na embalagem, principalmente com relação à pesagem, representando 20% do total. “Esses resultados mostram a importância da fiscalização permanente desses produtos para coibir abusos ao consumidor, que deve pagar apenas pela quantidade do conteúdo disponível para o consumo”, explica o diretor-geral do Ibametro, Randerson Leal.

Exames em laboratório - Os fiscais também coletaram, nos supermercados e mercadinhos de bairro, amostras de itens desta ceia de produtos, que inclui ainda leite de coco, azeite de dendê, castanha, amendoim balas, velas e doces para exames em laboratório. Após checar a pesagem de cada item, em comparação ao anunciado na embalagem, 4% deles foram reprovados, com destaque para o azeite de dendê.

Penalidades - Os pontos comerciais notificados têm dez dias para apresentar defesa junto ao Ibametro. Os estabelecimentos em que foram comprovadas irregularidades estão sujeitos a multa de até 1,5 milhão, conforme o grau de irregularidade, tais como reincidência no erro.

Ascom - Ibametro

Nenhum comentário