Caminhão baú cai no Rio Pequi e deixa dois mortos em Bodocó-PE; ponte cedeu há mais de um ano depois de enchente

Um acidente foi registrado na madrugada desta quinta-feira (27), na altura do Rio Pequi, localizada na PE-545, que liga os municípios pernambucanos de Bodocó e Ouricuri, no Sertão de Pernambuco. Um caminhão baú de uma empresa de frios caiu no rio, no local que havia a ponte. O trecho está em obras de reconstrução desde outubro do ano passado.

A Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e o Instituto de Criminalística foram acionados e estão no local. Duas pessoas morreram. Não foi divulgada ainda informações sobre a identidade das vítimas e detalhes do acidente.

Uma retroescavadeira da Prefeitura de Bodocó foi solicitada para retirar o veículo do Rio Pequi.


Em nota, a Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco (Seinfra-PE) lamentou o acidente e frisou que o trecho está sinalizado e conta com um aterro para impedir o fluxo dos veículos.

A Seinfra informou também que o processo de licitação da obra da Ponte Rio Pequi foi concluído e teve a homologação publicada no último sábado (22), no Diário Oficial do Estado. A Seinfra disse que finalizou os trâmites administrativos previstos para a assinatura do contrato pela empresa vencedora, que ocorrerá nesta quinta-feira (27). Nesta sexta-feira (28) já será dada a ordem de serviço e o início das obras de construção será na próxima quinta-feira, 04 de julho.

Ponte Rio Pequi



A estrutura da ponte cedeu, depois que o Rio Pequi transbordou, com a enchente do dia 13 de abril de 2018. A obra de reconstrução começou em outubro de 2018. A previsão era que a conclusão ocorresse em seis meses. A ponte antiga foi demolida, mas no local as obras estão paradas. As placas indicam que não é possível seguir em frente no local.

Segundo a Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), as obras de recuperação da ponte sobre o Rio Pequi foram paralisadas para ajustes técnicos por solicitação de órgãos de controle. O projeto foi readequado.

O Governo de Pernambuco lançou no dia 18 de abril de 2019 uma licitação para a contratação de uma empresa para retomar a execução da obra no município. O prazo dado para entrega da obra foi final de outubro deste ano. O orçamento do serviço é de aproximadamente R$ 2,1 milhões.

Um desvio foi construído para saída e entrada da cidade. Estreito e bem movimentado, no trecho, já aconteceram acidentes de trânsito, e quando chove forte, ninguém pode passar pela via. Inclusive, o desvio já foi interditado em dezembro do ano passado após dias de chuva.

Por G1 Petrolina

Nenhum comentário