Prefeito Renato Brandão recebe em São Paulo nova Ambulância para cidade de Andorinha


Nesta segunda-feira, dia 27 de maio de 2019, o Prefeito Municipal de Andorinha Renato Brandão recebeu das mãos do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta uma nova ambulância, com o objetivo de oferecer mais conforto para o transporte de pacientes. Trata-se uma van Mercedes Benz, adaptada para ambulância pré-hospitalar.

O veículo conta com os equipamentos necessários para o atendimento pré-hospitalar, como sistema fixo de oxigênio, régua de gases, suportes e travas para cilindros de oxigênio medicinal e ar comprimido, maca articulada com rodas, suportes para soro, entre outros itens.

Ela vem agregar à já existente frota de ambulâncias da Secretaria de Saúde, visando maior conforto para as pessoas que necessitam se deslocar às unidades de saúde onde já são prestados os primeiros atendimentos. O Prefeito Municipal de Andorinha afirma seu compromisso com o povo, “O objetivo é uma melhor qualidade no atendimento ao andorinhense, que merece mais conforto e agilidade tanto no atendimento, quanto nos primeiros socorros dentro de nossas ambulâncias”.

“Agora temos 08 ambulâncias a disposição da nossa população, sendo que 5 delas foram conquistadas pela nossa gestão, isto em 2 anos e meio e não estamos com intenção de parar”, afirmou o Secretário de Saúde Pablo Campos, que ainda lembra da importante obra de Reforma da UBS do Centro da Cidade “Teremos Sala de Raio X, Sala de Estabilização, Sala de Parto e mais leitos de observação é um investimento de R$171 mil reais, e já está em andamento”.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência conta com uma estrutura para prestar primeiros socorros e estes atendimentos são feitos através do número 192, uma vez o veículo solicitado, a pessoa solicitante receberá as primeiras orientações do médico regulador da Central do SAMU sobre quais procedimentos são indicados no caso, até a chegada da ambulância, podendo ajudar na recuperação do paciente.

A SAMU atua em situações cujo atendimento inicial pode ser prestado para o paciente, são elas: ocorrência de problemas cardiorrespiratórios; intoxicação e envenenamento; queimaduras graves; maus tratos; trabalhos de parto em que haja risco de morte da mãe ou do feto; tentativas de suicídio; crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito; acidentes/traumas com vítimas; afogamentos; choque elétrico; acidentes com produtos perigosos; suspeita de Infarto ou AVC – derrame cerebral (alteração súbita na fala, perda de força em um lado do corpo e desvio da comissura labial são os sintomas mais comuns); agressão por arma de fogo ou arma branca; soterramento, desabamento; crises convulsivas; transferência inter-hospitalar de doentes graves; ou outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.

Ascom

Nenhum comentário