Conheça a história de Guilherme Dantas, o forrozeiro que supera a cegueira por meio da música

Guilherme Dantas é um dos principais compositores do Forró nos últimos dez anos. Com vários sucessos nas vozes de nomes como Gusttavo Lima, Mano Walter, Wesley Safadão, Xand Avião e muito mais, também realiza seus shows pelo País. O sanfoneiro, que é deficiente visual, tem uma bela história de como aprendeu a tocar sanfona e de como compõe suas músicas, uma verdadeira aula de superação.

A deficiência que o acompanha desde que nasceu não lhe impediu de ir em busca de seus sonhos no meio musical. Aos 4 anos de idade tocava teclado, flauta e violão. Era destaque em tudo que fazia não pela sua limitação física, mas por sua forte personalidade artística que começava a aflorar, e isso o tornava diferente.

Com o bordão “Eu não tô nem vendo,” em 2002 ele começa a tocar teclado em várias bandas de axé e forró passando a se apresentar em casas fixas toda semana. Em 2007 Guilherme recebe o convite para estudar em São Paulo, no maior conservatório de música da América Latina, o Souza Lima, onde mais adiante, receberia o convite para estudar nos Estados Unidos (EUA). Mas ele prefere o forró.
Guilherme Dantas no inicio da carreira

Em 2009 estuda Piano, teoria musical e até música em Braille, linguagem usada por cegos. Aos 18 anos, Guilherme volta de São Paulo, e compra sua primeira sanfona, uma Scandalli preta de 80 baixos, aprende sozinho a tocar o instrumento, e em 2 meses já estava pronto para os palcos. Já com o aprendizado proveniente de seus esforços, o jovem passa a ser sanfoneiro de França e Bete Nascimentos ex-vocalistas de Mastruz com Leite.
Apresentação no programa é de Casa da Rede Globo

Com o dom de compositor, toda história que ele vive vira canção e uma dessas canções lhe deu a oportunidade de entrar de vez no mundo poético da composição, mesmo não se levando muito a sério nas breves composições feitas de improviso, desde menino. É de autoria dele a música “Imaginação”, “Facim, Facim”, “Agora é você quem vai me esperar”, “Toca o meu CD”, “Portão Preto”, “Chora Implora”, “Zero Boi”, “Amor errado”, “Me ame ou me deixe” e “Mente Mentirosa”.
Hoje com 27 anos, Guilherme é destaque no forró e sertanejo como um dos nomes mais bem consolidados da composição, conhecido em todo Brasil com apresentações nas principais emissoras de televisão.

Recentemente o sanfoneiro e compositor prepara um EP com clipes da carreira intitulado “Tô Nem Vendo”, o trabalho conta com participações de Jonas Esticado, JM Puxado, Junior Viana e Romim Mata.

https://www.youtube.com/watch?v=LN_KwXQtS9Q

Com informações, Sua Musica e Assessoria do Cantor

Nenhum comentário