Projeto do deputado Bobô reforça luta contra feminicídio

Em um dos seus primeiros atos legislativos, o deputado estadual Bobô (PCdoB) reforça a luta das mulheres baianas contra o feminicídio. O parlamentar protocolou na Assembleia Legislativa o projeto que institui o Dia Estadual de Combate ao Feminicídio, a ser realizado, anualmente, no dia 12 de maio.

A data escolhida é em função do dia do julgamento, ocorrido em 2017, do primeiro crime assim tipificado na Bahia. Neste dia, deverão ser realizados debates, campanhas, seminários, palestras e outras atividades para conscientizar a população sobre a importância do combate a esse crime e demais formas de violência contra a mulher.

Na justificativa, Bobô pondera que a violência contra a mulher está arraigada na sociedade, desde a sua subjugação até o fato de ser morta por questões de gênero (o feminicídio é a última instância do controle da mulher: o controle da vida e da morte).

“É importante ainda garantir o endurecimento da punição aos agressores e criar mecanismos de divulgação e conscientização da sociedade sobre o tema. Nosso projeto quer garantir um dia de luta unindo poder público e sociedade no combate à violência e ao assassinato como motivação de gênero”, afirma Bobô.

Cláudio Mota 
Ascom do deputado

Nenhum comentário