Acusado pela morte de jovem casal entre Pilar e Abóbora é condenado a 16 anos de prisão em júri popular


O réu Edílson dos Santos foi condenado a 16 anos de prisão, pela morte dos jovens Juan Cleibi e Thuane Gleyce, ambos de 18 anos. Ele foi a júri popular hoje (12), realizado no Fórum de Jaguarari-BA.

Edílson foi condenado por homicídio doloso com dolo eventual, quando o agente assume o risco de produzir o resultado, uma vez que ao conduzir um veículo embriagado e com velocidade acima do permitido, colidiu com a motocicleta em que estavam os jovens, levando-os a morte. Inicialmente, ele deve cumprir a pena em regime fechado.

O júri terminou por volta das 16h e foi marcado por bastante comoção. Familiares e amigos dos jovens, além de pessoas da comunidade, lotaram o plenário.

“A Justiça dos homens foi feita. Estávamos esperançosos e confiantes que esse crime não ficaria impune. Deus sempre esteve no controle de tudo”, declarou a mãe de Juan, Marizalva Alves.

A defesa de Edílson vai recorrer da decisão.

Relembre o caso

O acidente aconteceu na estrada que liga os distritos de Pilar (Jaguarari) e Abóbora (Juazeiro), na noite do dia 09 de agosto de 2015. O casal estava em uma motocicleta e morreu no local após ser atingido pelo veículo conduzido por Edílson dos Santos, que estaria sob o efeito de álcool e dirigia em alta velocidade .

Fonte: Preto no Branco

Nenhum comentário