Publicidade

publicidade

www.leomagalhaes.com.br Olá! Seja bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia. Você bem Informado...  Jaguarari-BAHIA,

Regularização fundiária é discutida com prefeitos do Piemonte Norte do Itapicuru

Os benefícios da regularização fundiária para o desenvolvimento rural no estado. Esse foi o tema da reunião realizada nesta terça-feira (5) entre representantes da Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), unidade da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), e prefeitos dos nove municípios integrantes do Consórcio do Território de Identidade do Piemonte Norte do Itapicuru. O encontro aconteceu na Câmara de Vereadores, do município de Senhor do Bonfim.

A coordenadora executiva da CDA, Renata Rossi, apresentou o projeto Bahia Mais Forte, Terra Legal, que envolve parceria com 11 Consórcios Públicos, beneficiando 140 municípios: “A parceria com os consórcios é estratégica e tem demonstrado ser o melhor caminho para avançarmos na regularização fundiária na Bahia. Envolver as prefeituras e dialogar com o poder local é fundamental para descentralizar a gestão e estimular o controle social. Por outro lado, é fundamental contarmos com gestores engajados que ajudarão a potencializar os investimentos do estado. Assim, estamos apostando no sucesso da parceria com o Consórcio do Piemonte Norte do Itapicuru”.
Para Carlos Brasileiro, prefeito de Senhor do Bonfim e presidente do Consórcio, pensar em regularização fundiária impacta no desenvolvimento econômico de toda região e no resgate da autoestima do seu povo: “A regularização fundiária contribui, diretamente, no desenvolvimento econômico e na organização de todo o território. Com a titularidade, que fomentará toda a economia regional, os agricultores familiares poderão investir na sua propriedade, passando a ter oportunidade de acessar crédito, junto a instituições financeiras e a ter acesso às várias políticas públicas. Isso resgata a autoestima deles, que poderão afirmar que tem a posse efetiva da terra e passar para as suas futuras gerações”.

O prefeito do município de Andorinha, Renato Brandão de Oliveira, considera que a parceria é essencial para solucionar a demanda da regularização fundiária no território: “A parceria que será firmada com a CDA é estratégica, fundamental para superarmos dificuldades e obstáculos. É preciso traçar caminhos que facilitem a realização de ações positivas como esta que irá beneficiar nossa população, fortalecendo nossa economia”.

Já Hélio Palmeira de Carvalho, prefeito de Pindobaçu, falou sobre a importância do Consórcio Público por buscar parcerias para desenvolver o meio rural: “Com a parceira será mais fácil atendermos a demanda da regularização fundiária que nós, prefeitos, temos. A iniciativa é excelente e, internamente, iremos discutir com mais facilidade e ênfase”.

Ascom

Nenhum comentário