Publicidade

publicidade

www.leomagalhaes.com.br Olá! Seja bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia. Você bem Informado...  Jaguarari-BAHIA,

Escolinha de Atletismo Flamengo é destaque no site do comitê olímpico brasileiro.

PROJETO SOCIAL DE FERREIRINHA CONQUISTA A PRIMEIRA MEDALHA DE OURO NOS JOGOS ESCOLARES.

Antônio Ferreira, mais conhecido como Ferreirinha, criou em 2006, na humilde comunidade baiana de Flamengo, em Jaguarari, a 409 km de Salvador, um projeto social voltado para o atletismo, modalidade que era pouco conhecida na região. Hoje, o professor de Educação Física comemora o primeiro título nos Jogos Escolares da Juventude de uma atleta formada na pista de pó de brita construída com as próprias mãos, com muita superação e persistência.

"Moramos em uma comunidade sofrida, mas não tratamos de dificuldades no nosso projeto. Lá, é o lugar para eles se divertirem. O nosso maior sonho é ganhar visibilidade através do esporte para poder dar oportunidades ao maior número de pessoas, dar uma vida melhor às crianças da comunidade", diz Ferreirinha.

Na tarde do último domingo, Railane Batista da Silva venceu os 3000m rasos com o tempo de 10min47s24, conquistando assim o primeiro título nacional do projeto, que começou com a sua filha mais velha Náviny, hoje com 17 anos, e conta com cerca de 70 crianças e adolescentes a partir dos oito anos.

Os três filhos biológicos de Ferreirinha já são bem conhecidos nas pistas que receberam os Jogos Escolares da Juventude nos últimos anos. Náviny disputou em João Pessoa a sua sexta edição da competição, enquanto os gêmeos Alessandro e Ticiane, de 15 anos, participam pela terceira e quarta vez, respectivamente. Outros quatro atletas do Projeto participaram da competição para atletas de 15 a 17 anos: Saionara de Jesus (oitava colocada no heptatlo), Priscila Almeida (quarta colocada no lançamento de dardo), Paulane e Erivânia da Silva Cruz.

Náviny, Alessandro e Ticiane se orgulham do pai e dividem a casa com outras sete crianças adotadas. Náviny é a mais velha de todos e além da rotina de treinos e estudos ela tem que ajudar os pais nos afazeres de casa, afinal, a mais novinha da família tem três aninhos de idade.

"Treino pela manhã, almoço, vou à escola, treino de novo e à noite eu ajudo lá em casa. Dou banho nas crianças, ajudo com os deveres de casa, faço tudo o que posso. Sonho em continuar fazer atletismo, claro, mas o que eu quero mesmo é ser igual ao meu pai, ser uma mãe para todos os meus alunos, que nem ele faz", disse Náviny.

Segundo a sua irmã, Ticiane, as brigas são poucas. A união de todos é o segredo para uma convivência pacífica. "Claro que as vezes tem confusão, mas logo logo passa. Ter dois irmãos já é muito bom, agora imagina nove?", disse Ticiane.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com apoio do Governo da Paraíba e patrocínio máster da Coca-Cola.

Fonte: COB

Um comentário: