Salvador: Depom e COE capturam três criminosos no Nordeste de Amaralina

Aproximadamente 40 policiais civis do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom) e da Coordenadoria de Operações Policiais (COE) deflagraram, na manhã desta quinta-feira (20), uma operação para combate ao tráfico de drogas no Nordeste de Amaralina. Três criminosos foram presos na área da Santa Cruz e com eles encontrados um revólver calibre 38 e drogas embaladas para venda, além de celulares.

Condenado a quatro anos e um mês em regime semiaberto por tráfico de drogas, Gilsimar Santos Santana, 35 anos, estava no interior de uma residência. Como não retornou ao sistema prisional, era considerado foragido da Justiça e tinha mandado de prisão em aberto.
Jusimar do Carmo Silva Júnior, 19, foi flagranteado com um revólver calibre 38, municiado. Autuado por porte ilegal de arma, é o principal suspeito de ter matado Raiane Pereira Fonseca, ex-companheira de Ânderson Rodrigues de Almeida, traficante de apelido 'Da Bruxa', em junho deste ano, naquela área.

O terceiro preso foi Élton Freitas Jesus Santos, 23, o 'Gogoboy'. Em seu poder foram achadas 70 pedras de crack, diversas trouxinhas de maconha e um celular, onde a polícia localizou diversos áudios de negociações de carregamentos de drogas e avisos dos 'olheiros' da presença do COE na região, em conversas através do aplicativo Whats App.
Um matagal que dá acesso ao Parque da Cidade, alguns becos e locais com acúmulo de entulhos foram farejados por 'Troy', cão da COE, da raça pastor alemão, treinado para achar drogas normalmente escondidas em locais inusitados.

A titular da 28ª Delegacia Territorial (Nordeste de Amaralina), delegada Francineide Moura, e o coordenador da COE, delegado André Viana, ressaltaram a atuação integrada das duas unidades e o apoio do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar. “Fazemos um trabalho incansável de combate ao tráfico de drogas nesta região e o auxílio de equipes especiais só engrandecem nossa atuação para dar mais segurança à população”, destacou Francineide.


Fonte: Ascom/ Alberto Maraux

Nenhum comentário