PM frustra assalto e reféns são libertados em Monte Santo

A Polícia Militar frustrou a tentativa de assalto ao Banco Bradesco, localizado no município de Monte Santo. Após cerca de 16h mantida como refém, a família do gerente do Banco Bradesco foi liberada por volta das 11h30 desta quarta-feira (10), no distrito de Bendegó, em Canudos, a 60km de distância de Euclides da Cunha, sem nenhum ferimento e sem pagamento de resgate.

O 5º Batalhão, localizado em Euclides da Cunha, tomou conhecimento por volta das 8h através do gerente geral da instituição financeira. Indivíduos com arma de fogo invadiram a residência do gerente local às 19h de terça-feira (9). Às 4h30 levaram quatro familiares como reféns em um veículo Corsa, de cor azul, enquanto o gerente permaneceu em casa com um dos criminosos. Eles roubaram alguns pertences da família e a quantia de 150 reais da casa invadida.

Às 8h o gerente foi levado para o banco para convencer outros funcionários a entregar o dinheiro do cofre. Logo em seguido o indivíduo fugiu, enquanto os comparsas mantiveram contato com o gerente pelo celular. Os criminosos condicionaram a libertação dos reféns mediante pagamento de resgate em espécie retirado do cofre da agência bancária.

Guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE) Caatinga, Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) do 5º BPM e Polícia Civil acompanharam a situação e se empenharam no resgate das vítimas. Ao perceber que não iriam conseguir o dinheiro do resgate, os indivíduos liberaram os reféns e fugiram. As guarnições seguem em diligência em busca dos criminosos.


DCS/PMBA

Nenhum comentário