Acusados de assaltos entram em confronto com Policia Militar no bairro Tancredo Neves em Juazeiro e saem baleados

Por volta das 17:30h, dessa sexta-feira (21), a Guarnição RP/1Pel foi informada que dois assaltantes a bordo de um veiculo gol, de cor vermelha, o mesmo tomado de assalto na manha do mesmo dia no Jardim Florida, em Juazeiro, estariam em trânsito de Petrolina a Juazeiro, após cometer diversos assaltos naquela cidade durante todo o dia.

Na realização da Operação Busca Continuada, um automóvel placa OKY-1417, com as mesmas características, fora visto passando no bairro Alto do Cruzeiro, tendo início o acompanhamento.

Com o apoio do PETO/74ªCIPM, no bairro Tancredo Neves, os meliantes foram interceptados, momento em que os ocupantes passaram a disparar contra os integrantes das duas Guarnições, motivando o revide a injusta agressão, vindo os indivíduos a serem alvejados, sendo socorridos pelo Samu ao hospital do Traumas. Os PM nada sofreram.

MATERIAL APREENDIDO

✅ 01 ( um ) gol vermelho, placa OKY 1417;
✅ 01 ( um ) aparelho celular marca LG, cor preta;
✅ 01 ( uma ) arma tipo garrucha de fabricação caseira;
✅ 01 ( um ) celular marca Samsung, cor dourada;
✅ 01 ( um ) aparelho Samsung cor branco – dourado;
✅ 01 ( um ) aparelho Samsung cor preto – cinza ;
✅ 01 ( um ) aparelho celular, marca Motorola, cor prata;
✅ 01 ( um ) sapato marca Works;
✅ 01 ( uma ) sacola contendo peças de vestuário;
✅ 01 ( uma ) sacola contendo uma bota e fardamento da empresa “Sóserve”;
✅ 01 ( uma ) mochila verde marca sport contendo objetos e documentos de possíveis vitimas;
✅ 01 ( uma ) bolsa de couro cor preta contendo objetos pessoais de possíveis vítimas.

Os indivíduos foram socorridos pelo Samu para o hospital de Traumas, na cidade de Petrolina. Recambiados posteriormente após alta, para na Delegacia de Juazeiro.

O Of de Operações/75ªCIPM pede a vitimas de roubos de celulares em Juazeiro e Petrolina, que compareceram munidos de comprovantes e documentos a Delegacia local, para reaverem seus bens.

PM e Comunidade na Corrente do Bem.

Nenhum comentário