Poema de Boskinho Brasil em homenagem aos 92 anos de emancipação política de Jaguarari


Poemas para ti...

JAGUARARI


I

Desculpe-me Jaguarari

Mas sempre ao falar de ti,

Toco nesta tecla,

Mas, é para te advertir

II

Ah, Jaguarari!!!!!!

Nunca ti vi assim,

Parece-me, que os que diziam te amar,

Não te amavam tanto assim.

III

Hum mil novecentos e vinte e seis,

Diz-se que foi emancipada,

Mais, acredita que até hoje,

Precisas ser libertada.

IV

Terras jacobinas, de índios e negros varonil

Feita de grandes homens,

Heroicos bravejastes,

De qualidades mil,

V

Até mais, Jaguarari,

Se temos de esperar, que seja para colher semente boa,

Lança hoje no solo,

Colhendo,

Prosperidade, e independência em uma data vindoura.


BoskinhoBrasil

Nenhum comentário