Ministério Público ingressa com ação requerendo a perda do mandato do Presidente da Câmara de Vereadores de Jaguarari

Na ultima sexta-feira, 17, o Ministério Público, ingressou com a Ação Civil Pública, tombada sob o nº. 8000502-26.2018.8.05.0139, contra o Presidente da Câmara de Vereadores de Jaguarari – Marcio José Gomes de Araújo, pelo suposto crime de improbidade administrativa, requerendo a perda do mandato do vereador, bem como seu imediato afastamento da presidência e de qualquer função pública, em decorrência da suposta pratica criminosa de funcionários fantasmas na folha de pagamento da câmara de vereadores de Jaguarari em um esquema que tinha por finalidade contratar plano empresarial de telefonia móvel, em proveito próprio e de terceiros, realizado o pagamento via nomeação de “fantasmas”, onde cada uma das servidoras fantasma, tinham salário de quase R$ 2.000,00 ( dois mil reais), sem nunca ter prestado qualquer serviço a câmara de vereadores de Jaguarari.

Fonte: Minuto Bahia

Nenhum comentário