Jaguarari: Vereador diz que foi agredido por comerciante no distrito de Gameleira

O vereador Willian Rogers (PSDB), diz ser vitima de agressão por parte de um comerciante na noite deste domingo (12/08), no distrito de Gameleira, interior de Jaguarari, as informações são do blog Jaguarari Online.

Segundo o edil informou, o mesmo prestigiava um campeonato de futebol na comunidade de Ponta da Serra, há poucos quilômetros de Gameleira, no turno da tarde quando um rapaz ligado ao comerciante identificado como "Zé da Onça" iniciou a desferir palavras de baixo calão e ainda chegou ao ponto de morder a orelha do vereador que não reagiu, e que outros rapazes teriam continuando com provocações fazendo o vereador a se retirar do evento. Logo mais a noite o vereador na companhia de sua esposa estavam em um quiosque na Praça de Gameleira quando o citado comerciante e alguns rapazes que estavam em Ponta da Serra a tarde importunando o vereador iniciou novamente a provocação, foi aí que o edil perguntou ao rapaz que lhe perturbava o porque daquilo, nesse instante "Zé da Onça" foi em direção a Rogers.

E de acordo com o Blog JO,"o comerciante 'Zé da Onça' agarro-lhe pelo colar da camisa (rasgando-a e ferindo o edil próximo ao pescoço) e xingando-o e ao prefeito Fabrício, por alegar que o chefe do executivo lhe deve um valor e não paga, e que o vereador estaria envolvido em esquemas de corrupção juntamente com o prefeito".

A Policia Militar foi acionada, e de acordo com testemunhas e do próprio vereador a guarnição não conduziu o agressor para a Delegacia Territorial de Senhor do Bonfim. O vereador disse, ainda, que só após uma longa argumentação foi que a guarnição fez o registro do sinistro, mas a esta altura o agressor já havia evadido-se do local. William foi até a DT de Sr. do Bonfim onde registrou o Boletim de Ocorrência e foi atendido na UPA daquela cidade.

De acordo com o levantamento que o Jaguarari Online realizou, toda a confusão envolvendo as partes, teve início com a denúncia do vereador agredido contra uma caçamba de um morador e comerciante de Gameleira, “Zé da Onça”, em uma das Sessões Ordinárias da Câmara de Jaguarari, onde edil e locatário trocaram farpas durante a Sessão.

Agora o caso fica a cargo da Polícia Civil que irá ouvir as partes e testemunhas, realizar o devido trabalho de investigação e caso comprove os fatos acima narrados o comerciante "Zé da Onça" poderá responder por lesão corporal, Art. 129 (Detenção, de três meses a um ano (caput) e Calúnia, Art. 138 (detenção de seis meses a dois anos e multa.), de acordo com o CPB.

O Blog Jaguarari Online nem tanto este conseguiu contato do comerciante, destacando aqui que o espaço está aberto.

Fonte: Jaguarari Online
Adaptação: Portal Jaguarari

Nenhum comentário