Ações da PMBA durante a realização da Operação São João

Graer atua em transporte aeromédico em Camaçari



O Grupamento Aéreo da PMBA realizou no início da tarde desta sexta-feira (22) a remoção de uma das vítimas de um acidente automobilístico na região do Polo Industrial de Camaçari.

Após o tombamento da carreta que conduzia, a vítima ficou presa às ferragens e sofreu politraumatismos nos membros superiores e inferiores, sendo o transporte aeromédico solicitado pelos prepostos do Corpo de Bombeiros Militar e socorristas que prestaram os primeiros atendimentos. A esposa e a filha do condutor que também estavam no veículo foram deslocadas para hospitais por ambulâncias.

O “Guardião 05”, após acionado, chegou ao local do acidente em menos de 10 minutos e o deslocamento até o hospital do Subúrbio girou em torno de 8 minutos. Nesse tipo de ocorrência o tempo do deslocamento sempre é decisivo para a preservação da vida.

Polícia Militar garante torcida de paz na Barra e no Pelourinho


Com abordagens preventivas nos acessos aos pontos de reunião da torcida brasileira na capital baiana, a Policia Militar da Bahia garantiu a tranquilidade para cada torcedor presente “sofrer” a angústia do jogo contra a Costa Rica.

O policiamento foi empregado realizando abordagens em portais e mantendo-se em pontos privilegiados para observar o comportamento do público presente, promovendo intervenções pontuais em condutas incompatíveis com a promoção da segurança em grandes aglomerações de público.

Felizmente, a euforia com a vitória da seleção brasileira foi o sentimento final do público presente, mas não foram registradas ocorrências delituosas significativas nos dois pontos de concentração.

A PMBA recomenda sempre a moderação no consumo de bebidas alcoólicas, reforça a proibição da comercialização e manuseio de recipientes de vidro em grandes eventos e ainda orienta aos usuários o cuidado redobrado com seus pertences em locais de grande aglomeração.


PM apreende espadas em São Gonçalo dos Campos


Para prevenir a comercialização e o uso das espadas (fogos de artifícios e busca-pés, feitos de bambu, pólvora e limalha de ferro) o comando da 67ª CIPM, deu início nesta quinta-feira (21), a ações preventivas para identificar a comercialização e uso das espadas em São Gonçalo dos Campos.

Policiais militares da unidade recepcionaram denúncias anônimas e ao realizar incursões no bairro São José Sarney, identificaram uma fábrica clandestina de espadas. No local foram apreendidos 97 bambus enrolados (material que produziria aproximadamente, 194 espadas), cinco quilos de limalha de ferro, um rolo de corda, 1 kg quilo de carvão, 1 kg de parafina, 200 gramas de breu, uma faca e dois pedaços de cera.

Todo o material apreendido e dois homens que estavam fabricando as espadas foram encaminhados para a delegacia da cidade.

“Mesmo com a proibição do uso dos artefatos pelo Ministério Público, algumas pessoas insistem em fabricar e utilizar os fogos. Contudo, estamos atentos e realizando ações preventivas para combater a fabricação e uso das espadas”, destaca o major PM Garcia, comandante da 67ª CIPM.


Policiais militares da 15ª CIPM prendem homens por falsidade ideológica

Dois homens foram presos por falsidade ideológica em Itapuã por policiais militares da 15ª CIPM, em rondas no bairro, por volta das 14h, nessa quinta-feira (21).

Durante o patrulhamento a guarnição encontrou, inicialmente, um suspeito passando pela rua Genebaldo Figueiredo e, enquanto a equipe policial fazia a busca pessoal, o homem se identificou como policial militar, porém a identidade apresentada era falsa. Em seguida ele recebeu uma ligação de um comparsa informando que estava com um material na rua Dorival Caymmi para entregá-lo.

Quando os policiais militares chegaram ao local abordaram o outro suspeito que portava os seguintes materiais: uma cédula de identidade falsa; um histórico de conclusão escolar do colégio estadual Presidente Costa e Silva; um diploma de conclusão do curso de administração da faculdade UNIME; um pen drive contendo "Matrizes" em branco de certificados de escolas públicas, diplomas de faculdades e atestados médicos com o timbre da secretaria estadual da saúde. Os criminosos confirmaram que todos os documentos eram falsos.

O material encontrado e os dois indivíduos foram encaminhados para 12ª Delegacia.

DCS/PMBA

Nenhum comentário