Prefeito de Senhor do Bonfim se despede de Dom Francisco Canindé Palhano

Após onze anos, o Bispo Dom Francisco Canindé Palhano encerra suas atividades na Diocese de Senhor do Bonfim e segue para a Diocese de Petrolina, onde toma posse no sábado, 3 de março de 2018.

No clima de despedida, o prefeito de Senhor do Bonfim, Carlos Brasileiro, esteve na Casa Episcopal para se despedir e agradecer o líder católico pelo importante trabalho evangelizador desenvolvido na Diocese de Bonfim.

“Vimos agradecer ao bispo por todo o trabalho social e de evangelização que realizou no município e o quanto contribuiu na condução do povo cristão para os caminhos de fé”, disse o prefeito.

“Dom Francisco, leve o abraço fraterno do povo de Senhor do Bonfim, que nessa nova missão evangelizadora, o Bom Pastor lhe guie na Diocese de Petrolina, onde o senhor continuará sua missão de servir a igreja de Jesus Cristo. Estejam sempre convosco nossas orações. Deus o abençoe sempre”, desejou Carlos Brasileiro.

Entre suas últimas atividades estando como administrador à frente da Diocese de Bonfim, Dom Francisco Canindé Palhano esteve na prefeitura, na última quinta-feira, 1 de março, onde recebeu e assinou um documento que doa a Diocese, um terreno para construção da Paroquia do bairro Brisas do Monte.

Na oportunidade, o prefeito também assinou e encaminhou para o legislativo bonfinense, o projeto de lei 0001/2018, que amplia a extensão do terreno no entorno da Igreja do bairro Luís Eduardo Magalhães (Alto do Cigano). No local , além do espaço de evangelização, será construído um ambiente para promover projetos sociais na comunidade.

Durante a solenidade, os fies do Alto do Cigano e Brisas do Monte acompanharam o momento especial homenageando e demonstrando todo carinho e agradecimento ao Bispo.

“Esse é um sonho nosso realizado. A comunidade do Brisas agradece o empenho de Dom Francisco e o governo municipal por realizar esse sonho”, disse a moradora da comunidade, Joana Cardoso dos Santos.

“Agradeço, primeiramente a Deus, por ter permitido essa conquista. Depois o empenho e dedicação do Bispo à causa. D. Francisco muito obrigada por tudo e que Deus o acompanhe!”, falou a moradora do Alto do Cigano, Fátima Maria de Jesus.

Durante o mandato do bispo, pode se destacar algumas ações importantes desenvolvidas, entre elas, a implantação no ginásio Diocesano de uma das etapas de formação inicial ao sacerdócio, onde atualmente 22 seminaristas estudam para se tornar padre, ordenação de 16 padres e dois diáconos, implantação da Pastoral Hospitalar, fortalecimento do movimento de Encontro de Casais em Cristo (ECC), reforma total da Casa Episcopal e a iniciação da reforma geral da Catedral Diocesana.

“O sentimento que vai no coração do Bispo é o sentimento de gratidão. Deus me amou, Deus me escolheu, Deus me colocou a frente desse povo que tanto amo e vou continuar amando.

Por isso, nesse momento a minha mensagem é de gratidão ao poder público, ao senhor prefeito e o vice-prefeito, a Câmara de Vereadores, e as pessoas que tiveram nesses onze anos caminhando no meio daquele cristão católico, daquela irmã religiosa, que esteve trabalhando insantemente,para que a causa de Jesus cure e prove”, disse o bispo, emocionado e sob aplausos.

A Diocese de Bonfim foi criada em 6 de abril de 1933. Dom Francisco Canindé Palhano foi o sexto bispo da diocese, que é composta por 27 municípios.

Com a transferência de Dom Francisco, no prazo oito dias, após posse na Diocese de Petrolina, um Conselho formado por consultores diocesanos, composto por cinco padres, irá escolher o novo administrador da Diocese de Bonfim.

O cargo ficará vago até o Papa Francisco, na Santa Sé, escolher o novo líder da Diocese, através da Nunciatura Apostólica. As indicações são de presbíteros de todo o País

Várias caravanas formam organizadas por fies da diocese de Bonfim para prestigiar a posse de Dom Francisco como novo bispo de Petrolina, no sábado 3 de março.

A cerimônia de posse será realizada durante a santa missa na Catedral de Petrolina. Segundo a organização do evento, a expectativa é que mais de seis mil pessoas participem da solenidade.

Dom Francisco nasceu no Rio Grande do Norte e tem 69 anos. É mestre em teologia moral, formado em Roma. Antes do episcopado, Dom Francisco dirigiu grupos na arquidiocese de Natal, no Rio Grande do Norte. Atualmente faz parte do Conselho Nacional do Encontro de Casais com Cristo


RICARDO AQUINO - Assessor de Comunicação
ASCOM - Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim - BA

Nenhum comentário