MENSAGENS DO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrolina



A Prefeitura de Jaguarari, através do Prefeito Everton Rocha e de toda sua equipe de governo, parabeniza todas as MULHERES pelo seu dia e reconhecem o importante trabalho que desempenham em nossa sociedade. A data do dia 8 de março é marcada pela luta dos direitos das mulheres e pelas conquistas econômicas, políticas e sociais. A Administração Municipal parabeniza todas vocês pela capacidade e discernimento no dia a dia e pela sensibilidade, percepção e desempenho de múltiplas funções.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari





Deputado Bobô destaca conquistas e desafios das mulheres


O Dia Internacional da Mulher homenageia 129 trabalhadoras têxteis da fábrica Cotton, nos EUA. Neste dia, em 1857, elas fizerem uma greve por melhores condições de trabalho e igualdades de direitos. Por isso, foram queimadas vivas dentro da empresa.

Nesta data especial, o deputado estadual Bobô (PCdoB) destaca que a luta das mulheres no Brasil garantiu grandes avanços, especialmente nos governos de Lula e Dilma: Lei Maria da Penha, Secretaria de Políticas para as Mulheres, programa Mulher, Viver sem Violência, Ligue 180, que recebe denúncias de violações de direitos das mulheres. Além de programas sociais que priorizaram as mulheres, como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e o Plano Nacional de Políticas Públicas para as Mulheres.

No entanto, o parlamentar alerta que o governo de Michel Temer ameaça essas conquistas. “É importante que as mulheres tenham apoio de toda a sociedade para vencerem desafios como a valorização no trabalho, o fim da violência e a ocupação dos espaços de poder”, defende.

Bobô ressalta a luta contra a violência no Brasil, “pois – segundo a ONU - uma mulher é assassinada a cada duas horas e, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, o País ocupa a 7ª posição entre as 83 nações mais violentas para as mulheres.”

TRABALHO E POLÍTICA

O parlamentar também vê novos desafios das mulheres no mercado de trabalho. “Não podemos aceitar que uma trabalhadora receba 71,3% do rendimento do homem e quem possui nível superior, receba 60% menos. É lamentável que apenas 40% das mulheres trabalham tenham carteira assinada, frente a 50% para os homens”, critica.

Na política, Bobô entende que é importante aumentar a participação feminina na política, por onde passam as grandes decisões do País. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, as mulheres representam 51,5% da população, mas no Senado Federal, ocupam apenas 12 cadeiras (14,81%). Na Câmara dos Deputados, 51 mulheres representam o povo (9,94%).

“Neste dia, é essencial comemorar os avanços e apontar os desafios para mudar essa realidade, superando todas as formas de discriminação e desigualdades de gênero. Parabéns à União Brasileira de Mulheres (UBM) pelo tema desse ano: resistir e transformar”, enfatiza.

Nenhum comentário