Ronda Maria da Penha capacita pms de Alagoas

A Operação Ronda Maria da Penha da PMBA iniciou nesta segunda-feira (26), no auditório do Comando Geral da PMBA, no Largo dos Aflitos, o Treinamento Técnico Operacional para policiais militares do Estado de Alagoas, que segue até o dia 3 de março.

O treinamento propõe promover um diálogo sobre a atuação especializada da Ronda no enfrentamento ao fenômeno da violência doméstica e familiar contra a mulher, capacitando a equipe da PM alagoana para implementar uma unidade similar no estado nordestino. Participam a comandante da Operação Ronda Maria da Penha, major Denice Santiago, da subcomandante capitã Paula Queirós, e de policiais auxiliares da unidade.

Na aula inaugural, os militares foram recepcionados pelo comandante geral da PMBA, coronel Anselmo Brandão, que deixou uma mensagem de boas vindas. “A nossa meta é ampliar os conhecimentos sobre a atenção e cuidados com as mulheres. Aproveitem todo ensinamento disponibilizado e tirem suas dúvidas. Fico muito feliz em recebê-los aqui”, declarou.

Neste primeiro dia foi aplicado o Jogo do Espelho para as policiais, que é um jogo de tabuleiros para que as mulheres possam se enxergar e identificar se sofrem algum tipo de violência e de orientações sobre os locais onde buscar ajuda. Já para os policiais masculinos, foi apresentado o projeto Ronda para os Homens, que trabalha com a conscientização do público masculino sobre as formas de violência contra a mulher.

Para a major Denice, essa ampliação de conhecimentos é de grande importância. “Vocês irão entender o que é salvar uma mulher sofrida e mostrar que existe uma saída. Nós estamos muito felizes e queremos capacitar a melhor patrulha do país”, afirmou a comandante.

Para a policial militar Tâmara Cirino, esse é um grande avanço no combate a violência contra à mulher. “Eu me encantei com esse projeto e, desde o início, me coloquei como voluntária para aprender e aplicar todo conhecimento, pois Alagoas precisa muito de ações protetivas para as mulheres”, concluiu a policial.

O treinamento - Serão desenvolvidas atividades teóricas e práticas em 60 horas/aula, com temas relacionados à Lei Maria da Penha (11.340/06), como Relações Interpessoais, Relações de Gênero e Diretos Humanos, Legislação Aplicada a Ronda Maria da Penha, Técnica PM Aplicada e Protocolo de Atuação.

DCS/PMBA

Nenhum comentário