Jaguarari: Justiça nega liminar de vereadores pedindo a revogação da decisão que anulou sessão


Os vereadores do município de Jaguarari insistem em contestar a decisão da justiça. Não bastasse o fato de não cumprir as determinações da lei, eles ainda continuam a questionar as determinações dos magistrados. Prova disso é que entraram com um pedido de liminar no Tribunal de Justiça da Bahia pedindo a revogação da decisão do desembargador Roberto Maynard Frank, que suspendeu a Comissão Parlamentar Processante da Câmara de Vereadores de Jaguarari. “A decisão foi muito festejada na cidade e nos meios políticos, pois entendemos que o Judiciário deve manter o controle dos atos das Câmaras Municipais, sob pena de deixar ao sabor de poucos o que a maioria da população escolheu”, avalia Sávio Mahmed, advogado do Prefeito Everton Rocha.

Há 14 meses a frente do executivo municipal de Jaguarari, o Prefeito Everton Rocha vem enfrentando desde o início de sua gestão a retaliação dos oponentes políticos e do legislativo que não se conformam com sua vitória nas urnas na última eleição. “Estou muito grato ao poder judiciário que deu uma resposta rápida e eficiente garantindo a democracia. Eu estou como prefeito por que vocês me colocaram na cadeira de prefeito e só vocês têm o poder de me tirar deste cargo. Juntos vamos buscar o progresso e o desenvolvimento do município. E como diz nosso slogan de governo Jaguarari será uma cidade melhor para todos”, discursou Rocha para a multidão que o recepcionou na entrada da cidade.

ASCOM PMJ

Nenhum comentário