Publicidade

publicidade

http://uauhost.com.br http://uauhost.com.br Olá! Seja bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia. Você bem Informado...  Jaguarari-BAHIA,

PACIENTE EM ESTADO GRAVE ESPEROU MAIS DE 6H POR AMBULÂNCIA NO HOSPITAL DE JAGUARARI

O senhor Manoel Augusto Nunes da Silva, 51 anos, solteiro, pai de dois filhos, residente no distrito de Gameleira, sofreu uma grave queda de moto por volta das 11h desta quarta-feira (29.11.17) nas imediações da Fazenda Lagoa do Meio. De acordo com informações de sua ex-enteada, “Manel”, como é conhecido, retornava de um compromisso quando perdeu o controle de sua moto e caiu. Com o impacto, “Manel” teve 5 costelas fraturadas e várias lesões no couro cabeludo provocados pelo contato brusco com o solo, pois estava sem capacete. Ferido, foi socorrido para o Hospital Municipal de Jaguarari, onde deu entrada às 12h15, foi atendido e medicado. A médica plantonista, ciente da gravidade e precariedade do hospital local, solicitou a transferência, via regulação, somente às 15h15. Às 16h03m44s foi aceita a regulação. No momento o Hospital dispunha de 2 ambulância, segundo as informações, mas devido ao estado de conservação dos pneus (carecas) o motorista recusou-se a ir, segundo informações. Como o estado do paciente se agravou, a médica resolveu solicitar uma ambulância mais equipada, SAMU, no entanto a ambulância do SAMU de Jaguarari tinha sido deslocada para Juazeiro pela base de Senhor do Bonfim e só às 18h33, ou seja, mais de 6h depois é que o seu “Manel” foi transferido para o Hospital do Trauma de Petrolina.


Tentamos contato com a diretora interina do Hospital de Jaguarari, mas ela não estava. A enfermeira Katya, informou a nossa equipe que não houve, em momento algum, a solicitação da médica em enviar o paciente em ambulância social, segundo ela, a médica, desde o início do atendimento, definiu que o caso de Manoel Augusto precisava de uma unidade móvel equipada caso houvesse alguma alteração do quadro clínico do paciente. Katya também explicou que todos os procedimentos necessários foram realizados pela equipe plantonista e que as demoras para transferências sempre acontecem por conta da demanda de vagas liberadas pela central de regulação.
 
Fonte: Jaguarari Online

Nenhum comentário