Recuperação de barragens suspende racionamento de água em cinco municípios do centro-norte da Bahia

Campo Formoso e Antônio Gonçalves passaram a receber mais água nesta quinta-feira (21)

A Embasa suspendeu, nesta quinta-feira (21), o racionamento de água nos municípios de Antônio Gonçalves e Campo Formoso. Na terça-feira (19), a empresa já havia decidido interromper o regime de racionamento nos municípios de Caém, Jacobina e Saúde.

De acordo com o gerente regional da Embasa em Senhor do Bonfim, Vinícius Araújo, a decisão foi possível graças ao volume alcançado pelas barragens do Aipim e de Pindobaçu nos últimos dias “Com estes mananciais transbordando, temos, neste momento, uma maior segurança hídrica para a nossa região, o que nos proporciona ofertar uma maior quantidade de água aos municípios atendidos por eles”, destacou Vinícius.
A barragem do Aipim, que está localizada no município de Antônio Gonçalves e armazena 2,3 milhões de metros cúbicos de água, já havia alcançado seu volume máximo no mês de julho, com as chuvas acumuladas desde o mês de junho. Naquela ocasião, a Embasa decidiu continuar racionando água em Antônio Gonçalves e Campo Formoso por causa do baixo volume de outras barragens da região. Nos últimos dias, a barragem do Aipim, juntamente com a de Pindobaçu, e outros pequenos rios da bacia do Itapicuru, passaram a contribuir para a barragem de Ponto Novo.

“Esta contribuição é muito significativa e importante para garantir a continuidade do abastecimento nos municípios de Senhor do Bonfim, Jaguarari, Andorinha, Itiúba, Filadélfia, Ponto Novo e Caldeirão Grande”, ressaltou o superintendente da Embasa, Raimundo Neto. Segundo o gestor, a empresa vai continuar em regime de racionamento nestes municípios até que a barragem de Ponto Novo alcance um nível confiável de acumulação de água.

Fotos: Barragem do Aipim (Antônio Gonçalves): Adriano Aleixo

Atenciosamente

Assessoria de Comunicação da Embasa

Nenhum comentário