Prefeito de Jaguarari, decreta redução de seu próprio salário e secretários.

Uma forte crise econômica tem abalado a economia brasileira. “Nesse ano nós estamos vivendo a pior crise financeira e econômica que o país atravessa e essa crise ela atinge diretamente os municípios. Infelizmente o menor recurso chega aos municípios e esse ano então com a crise política e econômica menos recursos ainda tem chegado nas prefeituras e menos ainda chegará aos cofres municipais em relação ao ano anterior. Isso é muito preocupante Prefeitos infelizmente terão que fazer demissões, Prefeitos infelizmente terão que fazer cortes para poder cumprir as obrigações e principalmente pela lei de responsabilidade fiscal.” Declarou o Presidente da UPB Eures Ribeiro.

Conforme orientação do presidente da UPB todos os prefeitos baianos terão que reduzir a folha de funcionários, para se fazer o que determina a Lei.

Conforme orientações e pensando em garantir a qualidade no atendimento e o respeito ao servidor público e cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal, o prefeito Everton Rocha convocou uma reunião com todos os Secretários onde discutiu uma série de ações para definir as alternativas que garantam os serviços prestados aos jaguararienses e o pagamento do funcionalismo no final do mês. Pensando no bem estar da população baixou o Decreto 0523/2017 de 25 de setembro, que dispõe sobre a contenção de despesas em atendimento às disposições da Lei de Responsabilidade Fiscal , onde decreta a redução de 35% do seu salário, do Vice-prefeito, Procurador, Tesoureira, Controlador Geral e seus Secretários, até que o percentual de limite de gasto com pessoal se normalize.

“Nesse momento de crise, temos que tentar penalizar o mínimo a população. Entendo que esse é um momento passageiro e que preciso do apoio de todos para continuarmos a fazer o melhor para Jaguarari”, disse Everton Rocha .

Ascom PMJ

Nenhum comentário