Publicidade

publicidade

http://uauhost.com.br http://uauhost.com.br Olá! Seja bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia. Você bem Informado...  Jaguarari-BAHIA,

Suspensão de resgates aéreos e redução de rondas estão entre medidas para conter gastos da PRF na Bahia

Operações da PRF em períodos de festas foram suspensas na Bahia (Foto: Divulgação/Núcleo de Comunicação da PRF-BA)

A suspensão de operações em épocas de festas, a redução de rondas e o cancelamento de resgates aéreos estão entre as medidas tomadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na Bahia, para redução de gastos. A informação foi passada ao G1 pela assessoria da corporação no estado, nesta quarta-feira (5). As medidas passam a valer a partir da quinta-feira (6).

De acordo com a PRF, apesar da redução do operacional, não há previsão de demissão de nenhum dos cerca de 600 agentes rodoviários em atividade na Bahia. Além disso, segundo a PRF, os 23 postos de atendimento do estado continuarão com funcionamento normal, com atendimento 24h.
Os postos da PRF na Bahia ficam localizados nas cidades de Alagoinhas, Jequié, Barreiras, Milagres, Camacam, Paulo Afonso, Capim Grosso, Poções, Ribeiro do Pombal, Eunápolis, Santo Antônio de Jesus, Feira de Santana, Seabra, Gandu, Senhor do Bonfim, Humildes, Simões Filho, Ibotirama, Teixeira de Freitas, Itaberaba, Vitória da Conquista, Itabuna e na Divisa do estado com Minas Gerais.
Conforme a PRF, a redução no número de rondas foi decidida para diminuir o gasto com gasolina. Com isso, o uso das viaturas será restrito à verificação e ao atendimento de emergências ocorridas nas estradas federais que passam pela Bahia.

A PRF diz que os cortes de serviços decorrem de um contingenciamento de verbas decretado pelo governo federal em março deste ano, e que buscará diminuir o prejuízo no atendimento de ocorrências emergenciais.

Orçamento

De acordo com a TV Globo, o orçamento aprovado para a PRF é 44% menor que o solicitado pela corporação. Esse é o mesmo problema que causou a suspensão da emissão de passaportes pela Polícia Federal no fim de junho.

“Frente ao caráter temporário do contingenciamento, as medidas adotadas foram selecionadas de maneira que impactem o mínimo possível a atividade finalística do órgão e que possam ter reversão sem prejuízos à administração quando da recomposição orçamentária”, diz trecho da nota divulgada.

A PRF informou ainda que, junto com o Ministério da Justiça, negocia com o Ministério do Planejamento para que o orçamento seja recomposto o mais breve possível. O Ministério da Justiça informou que não irá se manifestar sobre o tema.

Por G1 BA

Nenhum comentário