Antonio Gonçalves: Militante do MPA é assassinado a tiros

O campo está de luto. Foi assassinado a tiros na tarde desta quinta-feira (13), o militante do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), Júnior Mota. Ele morava no Povoado quilombola de Jiboia, interior do município de Antonio Gonçalves, e foi alvejado com vários tiros quando se encontrava em uma roça de sua propriedade naquela região.

Segundo informações de populares, elementos ocupando um carro preto, de dados não anotados, passaram pelo povoado a procura de Júnior. Horas depois, ele foi encontrado morto em sua roça. Peritos do DPT de Senhor do Bonfim, bem como, policiais de Antonio Gonçalves, foram ao local para levantamento do corpo e início do trabalho investigativo que possa elucidar a morte de Júnior.

O assassinato do militante do MPA pegou a todos de surpresa. A comoção é muito grande entre os membros de movimentos sociais e de trabalhadores da região. Júnior era líder quilombola em Antonio Gonçalves. De acordo com informações que circulam em redes sociais, recentemente o Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra), informou da possibilidade de desapropriação de terras na localidade para assentar famílias quilombolas de Jiboia, onde a vítima residia.

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) da Diocese de Senhor do Bonfim, confirmou a morte do militante do MPA e informou que membros da comissão foram ao local para acompanhar o caso e dar mais informações. Disse ainda que em breve, divulgará uma nota.

*BLOG DO ELOILTON CAJUHY

Nenhum comentário