Juazeiro: Programa de Formação e Qualificação de Agentes Culturais abre inscrições

Os interessados em fazer o curso no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro, poderão se inscrever a partir do dia 05/05 pelo site www.agentesculturais.com.br. As aulas acontecem nos dias 26/27/28 de maio de 2017. Direcionado a todos os envolvidos com a cultura - artistas, comunicadores, gestores, artesãos, ativistas - o programa vai oferecer cursos gratuitos e presenciais em 16 cidades da Bahia.

Com duração de 15 horas, o curso abordará temas como políticas culturais, culturas brasileiras e baianas e organização da cultura. Para participar, basta ter mais de 16 anos e interesse na área da cultura. Como não há seleção, as inscrições terminam conforme a quantidade de vagas, que varia em cada localidade que receberá o curso. Aqueles que participarem em pelo menos 75% das atividades, receberão por e-mail certificado de extensão da UFBA.

Coordenado pelo professor e pesquisador Albino Rubim, o programa se propõe a formar ativistas comprometidos com a efetivação dos direitos culturais e a consolidação das políticas públicas de cultura, voltadas para o fortalecimento da cidadania cultural. É viabilizado por meio de apoio financeiro da Secretaria de Cultura da Bahia através do edital de Formação e Qualificação em Cultura 2016 do Fundo de Cultura da Bahia. Tem apoio institucional da Diretoria de Espaços Culturais, Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia e da Fundação Pedro Calmon.

Como parte do processo formativo, o curso vai integrar uma atividade artística em sua programação, a imersão cultural. Cada um dos 20 espaços vai receber um artista, comunicador ou movimentador cultural para apresentar o seu trabalho e provocar reflexões no público. A mostra será levada para a sala de aula e integrada às outras atividades didáticas.

Albino Rubim destaca que a imersão cultural é fundamental para a formação de cada participante. “É muito importante que o agente cultural, para ser um ativista, articulador e mobilizador, seja uma pessoa envolvida e encantada com a cultura. Ou seja, deve ser um consumidor e mais que isto um conhecedor da cultura. Um ser aberto sempre a novas fruições culturais. Daí o sentido da inclusão da imersão cultural como momento vital do curso”, avalia o coordenador.

Todas as aulas serão ministradas por professores pesquisadores que integram o CULT – Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura da UFBA. Com formação nas áreas de comunicação, produção cultural e ciências sociais, os educadores podem preparar os participantes para atuarem como agentes culturais.

Além dos encontros presenciais, os inscritos podem acessar conteúdos complementares na biblioteca do site. Os textos e vídeos encontrados na plataforma digital servem para ajudar o agente cultural a fundamentar as práticas que fazem parte do seu trabalho.

Saiba mais: www.agentesculturais.com.br
Contato: comunicacao@agentesculturais.com.br |Scheilla Gumes e Laís Matos

Nenhum comentário