Publicidade

publicidade

www.leomagalhaes.com.br Olá! Seja bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia. Você bem Informado...  Jaguarari-BAHIA,

Investimentos na caprinovinocultura começam a transformar a vida de famílias no Sisal

Famílias de comunidades rurais do município de Retirolândia, Território Sisal, já começam a vislumbrar melhores tempos, com condições mais adequadas de trabalho e garantia de renda. Essa expectativa é possível graças ao convênio no valor de R$ 424 mil, de apoio à caprinovinocultura, assinado pela Cooperativa Mista de Produção de Gameleira (Coopergama) e o Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Os recursos serão aplicados na aquisição de um abrigo rústico para o rebanho, dois animais caprinos reprodutores, uma máquina enfardadeira manual para feno (preparação de alimentação animal), máquinas forrageiras e implantação de uma unidade coletiva de propagação da palma. O convênio prevê ainda a contratação de consultoria para a elaboração do plano de negócios e de um agente comunitário rural (ACR), para a prestação de serviços de assistência técnica e extensão rural (ATER).

De acordo com a agricultora e integrante da comissão de acompanhamento da execução do projeto pela Coopergama, Agda de Andrade Oliveira, a expectativa das 20 famílias atendidas diretamente pelo Bahia Produtiva, por meio da Cooperativa é de melhoria na qualidade de vida. “São cinco anos de projeto e estamos esperançosos”. A agricultora reforçou que deixar de vender aos atravessadores é um anseio da comunidade, possível agora com a execução do projeto. “É muito melhor quando nós temos para quem entregar”, destacou.

Agda Oliveira conta que muitos agricultores não possuem máquina forrageira, “por isso a palma precisa ser cortada no facão e para quem tem mais animais a palma cortada não é suficiente. Com a máquina forrageira vai melhorar muito as condições de trabalho, a qualidade de vida e a geração de renda na comunidade, não só para as famílias diretamente atendidas pelo projeto”, ressaltou.

Célia Dourado Passos, coordenadora do Serviço Territorial de Apoio à Agricultura Familiar (SETAF) Sisal, afirma que “o projeto irá proporcionar um impacto positivo na produção de caprinos e ovinos na comunidade, com o melhoramento da alimentação, com o plantio de palma e a utilização da máquina de feno, que possibilitará a reserva de alimentos para o rebanho em grandes períodos estiagens, o que é comum na região, além do melhoramento genético da criação. Com isso, o aumento na renda das famílias será grande”.

O Bahia Produtiva destinou investimentos na ordem de R$ 20 milhões para apoio à cadeia produtiva da caprinovinocultura. Os recursos são destinados à dinamização das cadeias produtivas da caprinocultura de corte e leite e da ovinocultura de corte, por meio da inclusão no mercado, agregação de valor e expansão da escala de produção.

Bahia Produtiva – É um projeto do Governo da Bahia realizado a partir de um acordo de empréstimo firmado com o Banco Interamericano de Reconstrução e Desenvolvimento (BISR/Banco Mundial), com o objetivo de promover, nos 27 Territórios de Identidade do estado, a inclusão socioprodutiva de agricultores e agricultoras familiares da Bahia, possibilitando melhores condições de trabalho e geração de renda.

O projeto inclui ações que fortalecem a base produtiva e viabiliza o acesso aos mercados, para que os produtos da agricultura familiar consigam chegar às prateleiras de grandes supermercados e sejam distribuídos para diferentes estados brasileiros, e até mesmo para outros países, construindo uma cadeia produtiva mais segura, melhorando a qualidade de vida das famílias atendidas.

Ascom SDR

Nenhum comentário