Publicidade

publicidade

http://uauhost.com.br http://uauhost.com.br Olá! Seja bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia. Você bem Informado...  Jaguarari-BAHIA,

Planserv estimula prevenção e tratamento da depressão, foco do Dia Mundial da Saúde 2017

A Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu a depressão como tema do Dia Mundial da Saúde de 2017, comemorado em 7 de abril. Considerando que mais de dois mil pacientes, 24,8% dos beneficiários que integram o Programa de Saúde Mental do Planserv, receberam o diagnóstico da doença no último ano, a Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais decidiu abraçar a campanha sobre o transtorno, que pode afetar pessoas de qualquer idade em todas as etapas da vida.

Com o lema “Let’s talk” (“Vamos conversar”, em português), a iniciativa da OMS reforça que é preciso manter um diálogo aberto sobre a doença tanto para reduzir o estigma associado a ela quanto para conscientizar as pessoas sobre a prevenção e o tratamento da depressão. A estimativa é de que haja 350 milhões de pessoas afetadas em todo o mundo. A condição resulta de uma complexa interação de fatores sociais, psicológicos e biológicos. Pessoas que passaram por eventos adversos durante a vida (desemprego, luto, trauma psicológico) são mais propensas a desenvolver a doença.

Tipos e sintomas – Um episódio depressivo pode ser categorizado como leve, moderado ou grave, a depender da intensidade dos sintomas. No primeiro caso, há dificuldade em continuar um trabalho simples e atividades sociais, mas provavelmente sem grande prejuízo no funcionamento global. Durante um episódio depressivo grave, é muito difícil que a pessoa afetada possa manter atividades sociais, laborais ou domésticas.

Muitas pessoas com depressão sofrem com sintomas como ansiedade, distúrbios do sono e de apetite e podem ter sentimentos de culpa ou baixa autoestima, falta de concentração. Em pessoas com Transtorno bipolar do humor, os sintomas depressivos podem se alternar com episódios de mania ou estabilização do humor, casos que exigem tratamentos específicos.

Prevenção - Com foco na prevenção, o Programa de Saúde Mental do Planserv, iniciado em 2009, tem ajudado na melhora do quadro de muitos pacientes com depressão. Só em 2016, 2044 beneficiários acometidos da doença foram atendidos pelo programa. Funcionando nas modalidades de atendimento ambulatorial, hospital-dia e internação psiquiátrica, ele tem como objetivo “proporcionar aos pacientes e a seus familiares um tratamento humanizado e adequado, para garantir mais qualidade de vida”, destaca a enfermeira do Programa de Saúde Mental do Planserv, Marina Aquino.

Nos casos de sofrimento psíquico leve a moderado, o paciente é acompanhado através de consultas psiquiátricas e psicoterapia. Já o beneficiário com sofrimento psíquico grave e persistente recebe acompanhamento multiprofissional em hospital-dia. Como último recurso terapêutico, para os beneficiários com transtorno mental grave que vivenciam um momento de crise, o programa disponibiliza a internação psiquiátrica, visando a estabilização dos sintomas e retorno ao convívio social o mais breve possível.

Os diferenciais mais comentados por quem participa do programa, além do atendimento psiquiátrico e psicológico, são as oficinas terapêuticas, a assistência de enfermagem e a assistência social. A aposentada Constança Souza, 73 anos, passou por uma depressão profunda, mas através do programa teve uma evolução surpreendente. Segundo sua filha, Roberta Souza, “consultas a excelentes profissionais e o desenvolvimento de atividades como teatro, dança, pilates e palavras cruzadas foram responsáveis por uma recuperação fantástica”, declarou.

Tratamento – Além de tratamentos psicossociais, pacientes com depressão, em geral, precisam de avaliação com psiquiatra para diagnóstico e identificação da necessidade do uso de psicofármacos, que devem ser utilizados com cautela, sob restrita orientação médica.

Ascom | Planserv

Nenhum comentário