Secretaria da Educação integra escola e comunidade para a eleição do Colegiado Escolar

Com o objetivo de aproximar, ainda mais, as famílias da escola e promover a gestão democrática e participativa, a Secretaria da Educação do Estado irá realizar a eleição do Colegiado Escolar para o biênio 2017/2019. A mobilização para o pleito, que acontecerá de 8 a 12 de maio em todas as unidades escolares da rede estadual, já começou. Nesta quinta-feira (23), gestores e presidentes dos colegiados das escolas da área do Núcleo Territorial de Educação Metropolitano de Salvador (NTE 26), participaram de uma formação com a presença do secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, no Centro Educacional Carneiro Ribeiro - Escola Parque, na capital, envolvendo todas as etapas do processo.

Durante o encontro, Pinheiro destacou a importância do Colegiado Escolar, que é composto pelo diretor da escola e representantes de professores, funcionários, estudantes, pais, mães ou responsáveis, para a melhoria da Educação. “A coisa mais importante desse processo é o envolvimento do Colegiado na gestão, na relação com a Secretaria e na busca de soluções para a Educação em cada unidade escolar. Portanto, mais que um processo eleitoral, eu diria que é um indicador que estamos muito preocupados com a gestão das escolas e o seu desempenho pedagógico. Então, o Colegiado Escolar cumpre um papel importante. Não é um reforço administrativo para o gestor e sim um reforço pedagógico”, afirmou.

Pinheiro destacou, ainda, que este é um momento especial por fomentar o diálogo com toda a comunidade escolar. “Este processo consolidado nos NTEs é fundamental para irmos promovendo uma reaproximação e melhor interação entre escolas, Núcleos e Secretaria, com o objetivo de transformar a sala de aula em algo extremamente agradável”.

O encontro, que reuniu cerca de 600 educadores, foi realizado durante todo o dia. Além da reunião com o secretário, os gestores e presidentes de Colegiados participaram de oficinas, com o objetivo de discutir o passo a passo para a construção do processo, desde a escolha da comissão eleitoral até o fechamento da ata final de votação, que é enviada para a Secretaria da Educação.

“Acho muito importante este encontro para qualificar ainda mais os membros do Colegiado e, assim, o trabalho na escola se torne cada vez mais democrático e participativo”, destacou o diretor do Colégio Estadual Rômulo Almeida, no bairro do Imbuí, Elísio Santos. O diretor da Escola Parque, Gedean Ribeiro, também opinou: “Esta reunião contribuiu para que a comunidade escolar se envolva mais no processo de escolha dos novos membros do Colegiado, fortalecendo a gestão democrática”.

O estudante Lucas Soares, 19 anos, atual presidente do Colegiado Escolar do Colégio Estadual Carlos Marighela, no bairro do Stiep, em Salvador, falou sobre a responsabilidade que assumiu e o fez crescer como estudante e cidadão. “Antes, eu era apenas um aluno que ia à escola para assistir às aulas. Quando assumi o Colegiado, passei a acompanhar de perto a vida do meu colégio e a aproximação com a gestão foi benéfica porque, hoje, os estudantes têm uma outra concepção sobre o seu papel na unidade. Eles estão mais comprometidos com o bem-estar de todos e cuidam mais do patrimônio que é de todos nós. Estamos, também, mais atentos com o entorno porque cuidar do que é nosso faz bem a todos”.

Fotos: Claudionor Junior

ASCOM
Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Nenhum comentário