Seja muito Bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia  Jaguarari-BAHIA,

terça-feira, 21 de março de 2017

ADAB garante qualidade da carne comercializada na Bahia

Mesmo não tendo sido apontadas quaisquer irregularidades em estabelecimentos voltados à comercialização de produtos de origem animal no Estado da Bahia, em operação realizada pela polícia federal na última sexta-feira (17/03), a Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia – ADAB, vinculada à Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (SEAGRI), agência responsável pela fiscalização e inspeção de produtos de origem animal e seus derivados no âmbito estadual, vem a público reafirmar a qualidade da carne comercializada em nosso Estado, garantindo aos consumidores baianos a total confiança nos produtos colocados à sua disposição para consumo.

Ressaltamos que o Serviço de Inspeção Estadual (SIE), referência nacional, servindo inclusive de modelo para outros estados, atende integralmente aos padrões de exigência mais rigorosos para a oferta de alimentos seguros, o que confere total credibilidade às atividades de inspeção desenvolvidas pela ADAB. Atualmente, o parque industrial registrado no SIE é composto por 238 indústrias, sendo 38 matadouros frigoríficos (bovinos, suínos, caprinos, ovinos e aves), 141 laticínios, 23 de produtos cárneos, 11 de pescado, 13 de ovos e 12 de mel. O serviço realiza o acompanhamento destas indústrias desde a etapa de avaliação do local de implantação, análise do projeto, aprovação final, até o registro com a liberação para o seu funcionamento.

Após o registro, o corpo técnico composto por fiscais estaduais agropecuários atua junto aos estabelecimentos fiscalizados, se responsabilizando pela inspeção realizada antes e depois do abate dos animais, bem como o recebimento, manipulação, fracionamento, transformação, conservação, embalagem e armazenamento dos produtos.

O parque industrial da Bahia apresentou uma evolução significativa no número de plantas frigoríficas de abate de bovinos e outras espécies registradas no Serviço de Inspeção Estadual – SIE, um crescimento de 93%, passando de 14 para 27 matadouros frigoríficos no período de 2007 a 2017. Com relação ao abate de aves, neste mesmo período, também observa-se uma evolução considerável, de 3 para 11 matadouros avícolas, um aumento de 267%. Em 2016 foram fiscalizadas aproximadamente 320.979 mil toneladas de produtos pelo Serviço de Inspeção do Estado, com a verificação dos requisitos higiênico-sanitários e as boas práticas de fabricação, fundamentando as ações preventivas e corretivas a serem realizadas pelas empresas sob supervisão da ADAB.

Os desafios para a manutenção da qualidade dos produtos de origem animal, diante da sua natural perecibilidade e complexidade das cadeias produtivas, é grande, daí a permanente vigilância das questões sanitárias por parte da ADAB, com atuação sistemática das ações fiscalizatórias fundamentadas no integral cumprimento da legislação vigente.

Ascom SEAGRI

0 comentários:

Postar um comentário

Não há suporte a flash!