Publicidade

publicidade

http://uauhost.com.br http://uauhost.com.br Olá! Seja bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia. Você bem Informado...  Jaguarari-BAHIA,

Governo garante mais de 100 atrações para o Carnaval do folião pipoca em Salvador

A fórmula que transformou o Carnaval da Bahia em um evento verdadeiramente democrático se repete em 2017. Por mais um ano, o Governo do Estado está garantindo grandes atrações em trios sem cordas - nos circuitos Dodô e Osmar - e uma festa 100% gratuita no Centro Histórico de Salvador. Para a segurança e diversão de baianos e turistas, diversos serviços foram ampliados e estão assegurados pelo Estado durante a folia na capital e no interior.

O Carnaval de Salvador vai homenagear os 50 anos do Tropicalismo, tema da decoração especial do Pelourinho, onde a festa acontece de sexta a terça-feira. Nos circuitos Dodô, Osmar e Batatinha, o Governo vai oferecer ao folião pipoca 110 atrações gratuitas de quinta a terça, como Ivete Sangalo, Anitta, Luiz Caldas, Claudia Leitte, Baby do Brasil, Léo Santana e Saulo (confira a programação em anexo).

Ainda entre as atrações sem cordas, a Bahiagás garante alguns nomes de peso na festa deste ano, como o Trio Elétrico Armandinho, Dodô e Osmar, Magary Lord, Paulinho Boca de Cantor, Banda Didá e o Trio Respeite as Minas, sendo este último idealizado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM). A empresa apoia ainda outras 17 atrações, entre blocos e camarote, além da festa em dois municípios: o Carnaval Conquista Cultural, em Vitória da Conquista, e o Itabuna Folia, em Itabuna.

Será às 21h de sexta um dos encontros mais marcantes da festa da capital baiana deste ano, quando Gilberto Gil e Capinam sobem ao palco do Largo do Pelourinho para relembrar grandes sucessos do movimento cultural que marcou as décadas de 60 e 70. Entre os destaques nos palcos montados nos largos Pedro Archanjo, Tereza Batista e Quincas Berro D’Água, estão nomes como Magary Lord, Bailinho de Quinta e Márcia Castro. Novidade que se tornou sensação no Carnaval do Pelô, os Bailes Infantis acontecem de sábado a terça-feira, no Largo Pedro Archanjo.

Além de organizar a festa no Pelourinho, a Secretaria de Cultura (Secult), vai apoiar 91 entidades no Carnaval Ouro Negro e dez projetos com microtrios e nanotrios nos três circuitos da folia pelo projeto Carnaval Pipoca. O tradicional Carnaval de Maragojipe, que reúne cerca de 80 mil pessoas na cidade, também terá apoio da secretaria estadual por meio do projeto Outros Carnavais.

Não é apenas em Maragojipe que a folia está garantida no interior. Além da capital, a Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa) apoia o Carnaval em 22 cidades baianas, incluindo Itabuna e Juazeiro, onde a festa ocorreu neste último fim de semana. Recebem o apoio da Bahiatursa os seguintes municípios: Madre de Deus, Juazeiro, São Félix do Coribe, Santa Maria da Vitória, Correntina, Cairu, Rio de Contas, Alcobaça, Palmeiras, Cabrália, Canavieiras, Nova Viçosa, Vera Cruz, Belmonte, Paratinga, Porto Seguro, Ilhéus, Itabuna, Marau, Itacaré, Valença e Itaparica.

Mais de 25 mil policiais e 250 câmeras

Todos os acessos aos circuitos da folia monitorados em tempo real por profissionais do Centro de Operações e Inteligência - 2 de Julho. Esta é a novidade da Secretaria da Segurança Pública (SSP) para o Carnaval 2017. Sucesso na edição passada, os 46 portais de abordagem foram aperfeiçoados e este ano, além de controlarem a entrada de objetos nos circuitos Dodô, Osmar e Batatinha com a ajuda de detectores de metais, também vão apresentar câmeras acopladas, que permitirão o acompanhamento das entradas e saídas dos circuitos.

Outro destaque este ano é a estreia do simulador de ocorrências, software que traça o diagnóstico do que deve ser feito de imediato pela segurança pública nos casos de ocorrências em locais com multidões. Na prática, o software permite a avaliação rápida sobre os aparatos necessários para sanar algum tipo de incidente na folia, através de simulações. No total, mais de 25 mil profissionais entre policiais civis, militares, técnicos e bombeiros militares vão atuar no Carnaval em Salvador e em mais 31 municípios do estado.

A atuação da SSP na maior festa de rua do planeta tem início ainda nos eventos pré-carnavalescos, com o reforço do policiamento no Habeas Copos, que acontece no dia 17, e segue nos dias 18 e 19, com o Furdunço e o Fuzuê. Os shows previstos para o dia 21, que não estavam no planejamento das instituições envolvidas na festa, também terão a presença das forças policiais, após a garantia do custeio dos efetivos por parte dos organizadores.

O esquema oficial da segurança começa na quarta-feira (22), com a entrega das chaves da cidade ao Rei Momo e segue até a Quarta-feira de Cinzas (1º). A polícia baiana também estará presente nos carnavais de bairro, que acontecem em Cajazeiras, Periperi, Itapuã, Liberdade, Boca do Rio, Pau da Lima, Nordeste de Amaralina e Pituba.

O Carnaval deste ano será marcado ainda pela estreia do Centro de Operações e Inteligência na festa. No local, mais de 500 pessoas trabalharão em esquema de plantão, fazendo o acompanhamento dos principais acontecimentos no estado. Apenas nos circuitos da festa na capital, 250 câmeras vão enviar imagens em tempo real, munindo os profissionais da segurança de informações que podem ajudar a elucidar os casos ocorridos na festa.

A segurança do Carnaval 2017 também terá o monitoramento das imagens das câmeras dos camarotes, bem como das estações do metrô, permitindo o acompanhamento dos foliões no retorno para casa. Para isso, profissionais de 44 instituições da segurança pública e defesa civil estarão reunidos no Centro Integrado de Comando e Controle Regional, dedicados exclusivamente às ações do Carnaval da Bahia. A integração das equipes permitirá uma resposta mais rápida à sociedade.

Bahiatursa prepara receptivo

A partir do dia 23, a Bahiatursa fará receptivos nos postos de informações turísticas instalados no Aeroporto Internacional de Salvador, Rodoviária e Mercado do Rio Vermelho, além do Porto de Salvador. Baianas tipicamente trajadas darão as boas-vindas aos turistas nos dias 23 e 24, das 9h às 21h, na área externa dos portões de desembarque nacional e internacional do Aeroporto. Na área interna nacional, um grupo de samba de roda alegrará os passageiros das 9h às 11h30. Os turistas poderão ainda fazer pinturas tribais no corpo. A ação com baianas se repete nos mesmos dias no desembarque da Estação Rodoviária e no Mercado do Rio Vermelho, este último com receptivo também no dia 25, das 9h às 19h, além de um pocket show com músicas carnavalescas às 12 horas nos dois primeiros dias.

Uma oficina de turbantes acontecerá na área interna do desembarque nacional, nos dias 24 e 25, no Aeroporto de Salvador, para caracterizar o turista que quiser chegar já com a indumentária baiana. No dia 28, a ação acontece no Porto de Salvador, das 15h às 20h, onde aportam os navios Sovereign e MSC Prezioza. O Rixô Elétrico e baianas distribuindo fitinhas do Senhor do Bonfim darão o clima da folia no espaço no Comércio.

A ação 'Até Breve', convidando os turistas a voltar para o São João da Bahia, acontece no Aeroporto, de 1º a 5 de março, na área externa dos portões de embarque nacional e internacional.

1,5 milhão de turistas

O Carnaval da Bahia deve atrair 1,5 milhão de turistas que movimentarão cerca de R$ 1,5 bilhão, de acordo com a estimativa da Secretaria do Turismo do Estado (Setur). Turistas vindos principalmente de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Distrito Federal, assim como os estrangeiros originários da Argentina, Espanha, Itália, França, Alemanha e Estados Unidos desembarcam a partir do dia 21, em 13 zonas turísticas do estado.

Para atender à demanda do Carnaval, a Azul Linhas Aéreas vai adicionar 30 voos aos 350 extras para a Bahia. A Avianca vai oferecer 83 voos extras durante o Carnaval, todos para a capital baiana. No período de Carnaval, o Porto de Salvador recebe os navios de cruzeiro Sea Princess e Sovereign, vindos do Rio de Janeiro e o MSC Preziosa, vindo de Santos (SP), trazendo mais de nove mil passageiros.

Com parque hoteleiro de cerca de 40 mil leitos, os meios de hospedagem de Salvador devem alcançar ocupação de 95% neste Carnaval. A Secretaria do Turismo vai colocar nas ruas 200 profissionais, que aturarão como Guias e Monitores. Em cada cidade, eles estarão em pontos estratégicos. Na capital baiana, as equipes estarão no Aeroporto Internacional de Salvador, Rodoviária, Terminal Náutico, Terminal Marítimo, hotéis e circuitos do Carnaval. Os profissionais vão prestar atendimento em diversos idiomas: inglês, francês, espanhol, italiano, alemão, russo e Libras (Linguagem Brasileira de Sinais).

Hospitais com plantões reforçados

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) reforçará os plantões em quatro hospitais na capital baiana durante os dias de Carnaval e montará três postos de testagem para a detecção de HIV/Aids, sífilis e hepatites virais, sendo dois em Salvador e um em Porto Seguro.

Os hospitais Geral do Estado (HGE), Roberto Santos (HGRS), Ernesto Simões (HGES) e Menandro de Faria (HGMF) estarão prontos para receber, se necessário, ocorrências com maior gravidade. Na capital, os postos de testagem para doenças sexualmente transmissíveis serão montados em Ondina, na Avenida Ademar de Barros, e outro na Barra, na Avenida Centenário. Já em Porto Seguro, será instalado na Passarela do Descobrimento. Os três serviços, além dos testes, farão aconselhamento e encaminhamento para tratamento no caso de testes positivos. Os postos funcionarão a partir da sexta-feira (24), das 17h à 1h. Haverá ainda distribuição de mais de dois milhões de preservativos nos circuitos da festa.

Para minimizar os casos de dengue, nos dias anteriores ao início do Carnaval, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica vai fazer pulverização de inseticida com carros fumacê nos circuitos Dodô, Osmar e no Pelourinho. O posto de coleta da Hemoba, na Avenida Vasco da Gama, em Salvador, funcionará normalmente durante os dias de Carnaval, inclusive na segunda e terça-feira (27 e 28), das 7h30 às 18h30. A unidade estará fechada apenas no domingo e na quarta-feira de cinzas o funcionamento será a partir das 13h.

Enfrentamento ao racismo

O Governo do Estado atuará, mais uma vez, com o serviço de enfrentamento ao racismo no Carnaval de Salvador. Entre quinta (23) e terça (28), o Centro Nelson Mandela Itinerante estará em funcionamento na sede do Procon (Rua Carlos Gomes, 746, centro), recepcionando denúncias e oferecendo orientação jurídica aos foliões, integrado aos órgãos da Rede de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa da Bahia. Outro canal de denúncia é o telefone (71) 3117-7448 e a Ouvidoria Geral do Estado (OGE), através do telefone 0800 284 0011.

Políticas para as Mulheres

A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) apresenta um novo conceito em sua campanha contra a violência às mulheres, que foi batizada de 'Respeite as Minas'. O ponto alto da ação será um trio pipoca puxado por Larissa Luz, MC Carol e Márcia Castro, no circuito Campo Grande, na segunda-feira. A SPM-BA também distribuirá 400 mil panfletos bilíngues para conscientização dos foliões e turistas que passarão o Carnaval em Salvador, Lauro de Freitas, Ilhéus, Vitória da Conquista e Porto Seguro.

Combate à exploração sexual

Com o tema 'Fique de Olho! Denuncie a exploração sexual e o trabalho infantil', a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) tem entre suas principais ações o Plantão Integrado, que reúne órgãos de proteção à infância, em funcionamento durante todo o Carnaval, como uma central de acolhimento de casos e de monitoramento de violações de Direitos Humanos. Instalado no Procon (Rua Carlos Gomes), o Plantão Integrado conta com 23 profissionais, que estarão responsáveis por captar, sistematizar e analisar as ocorrências de violação dos direitos humanos.

Apoio aos catadores de latinha

Pelo 10º ano consecutivo, o Governo do Estado apoia a ação 'O Trabalho Decente Preserva o Meio Ambiente', que vai apoiar 1,5 mil catadores de resíduos sólidos que atuarão no Carnaval de Salvador e Juazeiro. Os catadores vão contar com sete Centrais de Apoio ao Catador, geridos pelas Redes de Cooperativas de Catadores, que comprarão o material coletado pelos trabalhadores avulsos, praticando preços justos.

As Centrais estão localizadas na Ladeira da Montanha, Dois de Julho, Politeama, Barra, Ondina (dois postos) e Nordeste de Amaralina. O diferencial da ação é que para a dignificação do trabalho dos catadores durante o evento, o governo, através das Centrais, distribui fardamento, botas, luvas, água e três refeições diárias para os catadores que vendem os materiais coletados nestas Centrais.

Detran faz blitzes de alcoolemia

No posto central de atendimento do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), em Ondina, será oferecida a segunda via da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). Em outros dois postos instalados na Barra e no Campo Grande, vão atuar as equipes de fiscalização, responsáveis pela vistoria dos trios elétricos e carros de apoio antes do desfile. Serão realizadas também blitzes de alcoolemia em pontos estratégicos da cidade.

Este ano, quem tiver o veículo removido em blitz durante a folia poderá retirar o veículo ainda no período da festa, mediante o pagamento de taxas. Nos carnavais passados, a liberação só acontecia após a Quarta-feira de Cinzas. O serviço estará disponível no pátio do departamento, em Mussurunga, das 8h às 16h, entre os dias 23 e 28.

Ouvidoria em esquema de plantão

Durante o Carnaval, os cidadãos poderão registrar reclamações, sugestões, denúncias, elogios ou solicitar informações sobre a atuação do Estado e a prestação dos serviços públicos na Ouvidoria Geral do Estado da Bahia, que terá plantão especial de atendimento pelo 0800-284-0011, Whatsapp (71) 99911.7631 e site da Ouvidoria (www.ouvidoria.ba.gov.br).

TVE, Rádio Educadora e Portal do Irdeb

A TVE, a 107,5 Educadora FM e o portal do Irdeb, através do site www.tve.ba.gov.br e do Facebook.com/tvebahia, realizarão em 2017 a maior transmissão do Carnaval de Salvador. A TVE vai transmitir a festa ao vivo por 60 horas, durante seis dias. No canal 10.1, em Full HD, os telespectadores poderão acompanhar todas as emoções a partir de postos de transmissão no Campo Grande e Pelourinho e ainda com entradas do circuito Barra-Ondina.

A transmissão começa na quinta, às 18h30. Na sexta, também a partir de 18h30 e segue até a madrugada de sábado. No sábado, a transmissão começa às 19h e mostra a saída do Ilê Aiyê do Curuzu até sua chegada ao Campo Grande; no domingo, segunda e terça, a transmissão começa às 13h e segue até a madrugada.

Secom

Nenhum comentário