Publicidade

publicidade

http://uauhost.com.br http://uauhost.com.br Olá! Seja bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia. Você bem Informado...  Jaguarari-BAHIA,

Prefeito de Jaguarari explica porque votou em Carlos Brasileiro.

O prefeito do município de Jaguarari, Everton Rocha (PSDB), em contato com nossa equipe, explicou os motivos que o levaram a votar no prefeito de Senhor do Bonfim, Carlos Brasileiro (PT), que disputou a presidência do Consórcio do Piemonte Norte com o prefeito de Filadélfia, Louro Maia (DEM), e venceu por 5 a 4.

Segundo Rocha, a falta de dialogo, entre o Louro e os prefeitos do Consórcio, teria sido um dos motivos que fizeram com quer ele votasse em Carlos Brasileiro. “O prefeito de Filadélfia ligou pra mim apenas duas vezes, disse que seria candidato, eu disse que tudo bem. Ele manteve conato apenas por telefone, ao contrario de Carlos Brasileiro, que assim como Louro, também ligou, e nos últimos dias foi em minha residência, e a ultima vez nos convidou para tomar uma água mineral e conversar sobre a eleição do consórcio” explicou Everton Rocha.

Ainda segundo o Tucano Everton Rocha, outro motivo que levou ele a votar em Brasileiro, não foi nem o motivo do governador Rui Costa ter ligado para ele, e depois de muita conversa, pedir que ele votasse em Brasileiro, mas sim, pelo fato da região no futuro ter uma Policlínica “eu pensei no desenvolvimento da região, quer queira quer não, Brasileiro sendo o presidente do Consórcio, com certeza o processo da Policlínica vai fluir com mais rapidez, e com isso, quem vai ganhar é o povo de Jaguarari e a população da região” explicou.

Já o prefeito de Filadélfia, Louro Maia, afirmou que jamais o governador iria intervir em uma eleição de consórcio, com relação à falta de conversa com os prefeitos, Louro Maia afirmou que somente com o prefeito de Jaguarari, foram varias ligações ” Ligava quase que todos os dias. Não sei porque fui incentivado a disputar a presidência e depois recuaram? Com relação a pedido de governador, eu não acredito que o governador tenha intervindo diretamente nesse processo, se realmente teve o dedo dele, então ele quer dizer que município pequeno não pode coordenar um consórcio, tem que ser submisso? O governador pode até ter simpatia pelo nome de alguém, mais ele mesmo pegar o telefone e ligar para pedir voto em uma eleição de Consórcio, eu mesmo não acredito” disse Louro.

Fonte: Ivan Silva Notícias

Nenhum comentário