Publicidade

publicidade

www.leomagalhaes.com.br Olá! Seja bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia. Você bem Informado...  Jaguarari-BAHIA,

Provas do Enem serão adiadas para 191, 4 mil inscritos em todo o Brasil, diz Inep

 
Quase 200 mil inscritos vão ter as provas do Enem adiadas por conta das escolas ocupadas em todo o Brasil. Na tarde desta terça-feira (1º), a presidente do Inep, Maria Inês Fini, concedeu entrevista coletiva e revelou a mudança. Segundo Fini, ao todo, 304 escolas em 126 municípios ainda estão ocupadas por estudantes em protesto. As novas provas vão ser realizadas nos dias três e quatro de dezembro.

Na Bahia, são 42 locais de prova afetados - 6 em Salvador. Terão prova adiada 29.810 mil baianos, 3.810 destes na capital.

VEJA A LISTA DE ESCOLAS NA BAHIA QUE NÃO SERÃO MAIS LOCAL DE PROVA

Ainda de acordo com o Inep s todos alunos receberão um SMS avisando sobre o novo local de prova e desmobilizando-os para este fim de semana. O órgão afirma que têm condições de processar a análise dos resultados a tempo de os alunos utilizarem as notas para o Sisu e que um exame equivalente ao que será realizado neste final de semana será aplicado.

"Lamentavelmente, (quem paga essa conta) vai ser o próprio governo federal. Bem que gostaríamos de dizer para as pessoas que estão monitorando esse movimento, dando uma cor política diferenciada, adoraríamos dar esse custo a essas pessoas, que desconfio não serem os alunos", disse a presidente do Inep.

"Eu devo dizer a vocês que toda a equipe do Inep, que pensa no exame, lamenta profundamente a ansiedade que esses 191.494 jovens ainda manterão esperando mais um período para realizar a prova. Não é possível um tempo menor, em razão de toda essa logística de segurança que o exame exige", continuou ela.

O prazo estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC) para desocupação das instituições de ensino era até às 23h59 (horário de Brasília) desta segunda-feira (31). O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) informou que consolidaria hoje uma lista final dos locais de realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a fim de divulgar as escolas e universidades onde não serão aplicadas as provas em função das ocupações.

Bahia
De acordo com a lista da Ubes, 13 campus da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), duas escolas estaduais, 10 campus dos Institutos Federais, três campus da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), um campus da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), a Universidade Federal da Bahia (Ufba) e Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) estão ocupadas. Outras instituições como a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), também está ocupada e suspendeu as aulas no dia 19 de outubro devido ao movimento.

O Colégio Estadual Maria Xavier Andrade Reis, em Presidente Tancredo Neves, listado pela Ubes, informou que nunca esteve ocupado. Os alunos da escola fizeram manifestações este mês por falta de transporte público municipal. A representante de sala, Carolaine Sampaio, 16, estudante do 3º ano do ensino médio, confirmou que a escola estará desocupada para a realização do exame. "Mas pretendemos fazer um novo protesto no dia 11 de novembro contra a PEC 241", disse ela, referindo-se à medida que limita os gastos públicos por um período de 20 anos.

O segundo colégio listado, a Escola Estadual Dr. Antonio Rinaldi, localizado em Porto Seguro, informou que os estudantes não ocuparam o prédio da instituição, mas sim a Câmara de Vereadores do município, onde permanecem desde quinta-feira (27). Ainda segundo a diretora, Maria do Carmo Jesus, a Câmara está sendo ocupada por alunos das redes municipal e estadual. A Secretaria da Educação do Estado (SEC) informou que a unidade não sediará provas do Enem 2016.

Em nota, a Uneb disse que a reitoria e os diretores dos 29 departamentos da Uneb estão discutindo com os estudantes para garantir a realização do exame na instituição. A UFRB e a Uesb não atenderam às ligações.

Correio24horas

Nenhum comentário