JAGUARARI: 90 anos da chegada da Padroeira Santa Rosa de Lima.

Dia 30 de agosto de 2016 celebrou-se o aniversário de 90 anos da chegada de nossa Padroeira Santa Rosa de Lima.

Na década de 1920, um senhor natural da fazenda Boa Vista porém residente em Santa Rosa, encomendou a imagem da Santa aconselhado por um padre viajante (FONTE ORAL). Na base da imagem existe uma placa fixada de metal contendo o registro "Rua do Ouvidor". Esta Rua fica na cidade do Rio de Janeiro e após um trabalho de pesquisa foi descoberto que no passado esta rua era justamente conhecida por possuir grande número de lojas onde eram vendidos utensílios e artefatos religiosos. Não se sabe ao certo como Antônio Sombra conduziu o ato da encomenda; mas se um dia esta versão for comprovada, obviamente a imagem veio do Rio de Janeiro transportada de navio até o porto de Salvador. De Salvador a imagem foi transportada de trem até a estação ferroviária da cidade de Senhor do Bonfim. De Bonfim a imagem foi trazida até Santa Rosa numa carga de jumento. Existe na estória dois condutores que tiveram a incumbência de transportar a imagem até a comunidade. O primeiro que aparece é Martins Custódio (1897), conhecido popularmente como "Nego Priquito". O outro possível condutor é o senhor José, conhecido popularmente como Zé Mundurí. Segundo a filha de Zé Mundurí dona Rosa do Roque hoje contando com mais de 100 anos de vida foi mesmo seu pai quem trouxe a imagem e lembra até o apelido do jegue que transportou a imagem: - jegue "Cabano".(FONTE ORAL).
A chegada da imagem foi motivo de grande festa sendo saudada por pessoas da comunidade e região e até pela banda filarmônica de Jaguarari. Houve até a cerimônia de batismo da mesma. O que se sabe é que seus padrinhos de batismo eram da Fazenda Carro Quebrado. Antes da chegada da imagem o Arraial era conhecido apenas como Santa Rosa, mas devido a Santa ser natural da cidade de Lima no Peru, passaram a chamar também de Arraial Santa Rosa de Lima.

Hoje a imagem de nossa padroeira aos 90 anos encontra-se no mais perfeito estado de conservação. Muita alegria fé e emoção ja foram depositados desde a antiga capela como aparece nas fotografias ate a nova igreja construída no mesmo local (O maior dano ja causado contra o Patrimônio Historico e Religioso da comunidade) sua interseção.

"Salve nobre padroeira do seu povo protetora, entre todas escolhida pelo povo do Senhor. Oh glória de nossa Terra, Oh Santa Rosa de Lima, proteje este povo, que te clama com amor"

Danilo Rodrigues
Discente em Lincenciatura Plena em História pela Universidade de Pernambuco - UPE

Nenhum comentário