Encontro reúne empreendimentos e especialistas da cadeia produtiva do leite em Salvador‏

Teve início nesta terça-feira (30), em Salvador, o Encontro de Empreendimentos da Agricultura Familiar da Cadeia Produtiva do Leite. Promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). O evento, que acontece no Auditório do Centro de Formação da SDR, reúne representantes de empreendimentos de diversos Territórios de Identidade baianos e técnicos especialistas em bovinocultura de leite, das diversas áreas da secretaria. O objetivo é traçar estratégias para uma assistência técnica e extensão rural (ATER), que melhore o desempenho da produção de leite no estado.

Atualmente, a Bahia importa 1,5 bilhão, dos 2,5 bilhões de litros de leite consumidos por ano, no estado. Por meio do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação regional (CAR/SDR), o governo estadual irá investir, inicialmente, R$ 20 milhões, para organizar e fortalecer esta cadeia produtiva. Do total de leite produzido na Bahia, a agricultura familiar responde por 64% da produção.

De acordo com o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, estão sendo apoiados cerca de 60 empreendimentos da cadeia produtiva do leite. “Nossa meta é trabalhar para que todos os empreendimentos funcionem adequadamente e que os cooperados se desenvolvam, tenham melhores condições de trabalho e melhorem as condições de vida, acessando um conjunto de políticas públicas que incluem, entre outras ações, assistência técnica, acesso ao crédito e inserção nos mercados institucionais e convencionais”.

Para o presidente da Cooperativa Mista Agropecuária de Uibaí (Coomagru), Sérgio Machado Maciel, a expectativa em participar desse encontro com os especialistas na bovinocultura de leite, “é de ganhar mais experiência e mais conhecimentos, e avançar, na comercialização”. Em 2015, a Coomagru foi beneficiada com a construção de um laticínio, instalado na comunidade de Caldeirão, no município de Uibaí, e por meio do Bahia Produtiva, receberá ainda, dois caminhões que irá viabilizar o transporte dos produtos.

Na programação do evento, que segue nesta quarta-feira (31), foi apresentada a estratégia de ATER para projetos da bovinocultura de leite e a metodologia de trabalho da rede de especialistas da SDR. “Todas as ações realizadas pela SDR tem a finalidade de consolidar e emancipar os empreendimentos apoiados pelo Estado e, esse encontro, que possibilita a aproximação entre os empreendimentos e os especialistas, deve estimular uma produção sustentável não só no aspecto ambiental, mas também no social e econômico, para melhorar a vida das pessoas”, destacou Marcelo Matos, superintendente da Agricultura Familiar (Suaf/SDR).

Rede de especialistas
Por meio da Rede de Especialistas Temáticos, a SDR irá desenvolver uma metodologia multidimensional de ATER, onde serão capacitados agentes comunitários rurais e extensionistas que irão acompanhar e implementar as ações nas unidades produtivas familiares, de referência, no entorno dos projetos apoiados pelo Bahia Produtiva. Essas unidades serão locais de intercâmbio, aprendizagem e troca de experiências. Todas as atividades serão supervisionadas pela rede. Outras equipes de consultores especializados irão atuar na gestão dos empreendimentos.

Segurança alimentar
No encontro, ainda foi apresentado o Programa de Segurança Alimentar do Rebanho, coordenado pela Suaf, que, atualmente, distribui mudas de palma para municípios de 15 territórios. A previsão é que até o fim desse ano sejam distribuídas aproximadamente 24 milhões de mudas. Também foram abordados temas como os procedimentos para contratação de agentes comunitários rurais (ACR) e de consultores, para a elaboração dos planos de negócios, além de experiências exitosas nas unidades de referência.

O evento conta com a presença de dirigentes e técnicos da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), Coordenação Executiva de Pesquisa e Extensão (Cepex), CAR e de empreendimentos da agricultura familiar da Bahia, da cadeia produtiva do leite, selecionados em editais do Bahia Produtiva, ou atendidos por outros projetos e programas do Governo da Bahia.
Encontro reúne empreendimentos e especialistas da cadeia produtiva do leite em Salvador

Teve início nesta terça-feira (30), em Salvador, o Encontro de Empreendimentos da Agricultura Familiar da Cadeia Produtiva do Leite. Promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). O evento, que acontece no Auditório do Centro de Formação da SDR, reúne representantes de empreendimentos de diversos Territórios de Identidade baianos e técnicos especialistas em bovinocultura de leite, das diversas áreas da secretaria. O objetivo é traçar estratégias para uma assistência técnica e extensão rural (ATER), que melhore o desempenho da produção de leite no estado.

Atualmente, a Bahia importa 1,5 bilhão, dos 2,5 bilhões de litros de leite consumidos por ano, no estado. Por meio do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação regional (CAR/SDR), o governo estadual irá investir, inicialmente, R$ 20 milhões, para organizar e fortalecer esta cadeia produtiva. Do total de leite produzido na Bahia, a agricultura familiar responde por 64% da produção.

De acordo com o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, estão sendo apoiados cerca de 60 empreendimentos da cadeia produtiva do leite. “Nossa meta é trabalhar para que todos os empreendimentos funcionem adequadamente e que os cooperados se desenvolvam, tenham melhores condições de trabalho e melhorem as condições de vida, acessando um conjunto de políticas públicas que incluem, entre outras ações, assistência técnica, acesso ao crédito e inserção nos mercados institucionais e convencionais”.

Para o presidente da Cooperativa Mista Agropecuária de Uibaí (Coomagru), Sérgio Machado Maciel, a expectativa em participar desse encontro com os especialistas na bovinocultura de leite, “é de ganhar mais experiência e mais conhecimentos, e avançar, na comercialização”. Em 2015, a Coomagru foi beneficiada com a construção de um laticínio, instalado na comunidade de Caldeirão, no município de Uibaí, e por meio do Bahia Produtiva, receberá ainda, dois caminhões que irá viabilizar o transporte dos produtos.

Na programação do evento, que segue nesta quarta-feira (31), foi apresentada a estratégia de ATER para projetos da bovinocultura de leite e a metodologia de trabalho da rede de especialistas da SDR. “Todas as ações realizadas pela SDR tem a finalidade de consolidar e emancipar os empreendimentos apoiados pelo Estado e, esse encontro, que possibilita a aproximação entre os empreendimentos e os especialistas, deve estimular uma produção sustentável não só no aspecto ambiental, mas também no social e econômico, para melhorar a vida das pessoas”, destacou Marcelo Matos, superintendente da Agricultura Familiar (Suaf/SDR).

Ascom SDR

Nenhum comentário