Publicidade

publicidade

http://uauhost.com.br http://uauhost.com.br Olá! Seja bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia. Você bem Informado...  Jaguarari-BAHIA,

A sexta-feira (06) promete ser animada com a agenda da 3ª edição III Feira do Livro do Vale do São Francisco que traz os premiados autores Antonio Carlos Viana de Sergipe e Luis Henrique Pellanda de Curitiba

O fim de semana promete uma programação agitada na região com as atividades da terceira edição da Feira do Livro do Vale do São Francisco, este domingo (07), que conta com nomes como os cronistas Luis Henrique Pellanda (finalista do Prêmio Jabuti 2012 com a obra “Nós passaremos em branco”) Antonio Carlos Viana ( vencedor do prêmio APCA em 2009, autor de “Jeito de matar lagartas”) entre as mais de 70 atividades diversificadas pautadas pelo tema “Quem lê, viaja e aprende”. “Este é um evento importantíssimo, pois levar a literatura a lugares longe dos grandes centros significa chamar a atenção para ela e formar novos leitores, coisa de que o Brasil precisa cada vez mais. Estou esperando muito desse encontro, quando teremos oportunidade de encontrar colegas de ofício falando de sua forma de ver e escrever o mundo”, destaca o seripano Viana. E, com o peso que representa hoje, o evento conta com o apoio de parcerias como o Sebrae Petrolina, Museu Cais do Sertão, Iphan, Embrapa, Univasf, Cia. do Lazer e ANL – Associação Nacional das Livrarias, que se uniram para projetar a cultura aliada à educação em diversos formatos. Uma programação com entrada gratuita para todos os visitantes que integra debates, palestras, lançamentos, contação de histórias, bate papos, apresentações artísticas e culturais, atividades de formação, além de oficinas e ambientação para crianças e adolescente, assim como muitas novidades, deste ano.
Entre os participantes da agenda desta sexta (05) a domingo (07) temos pesquisador e professor Genivaldo do Nascimento, coordenador geral do Clisertão (Congresso Internacional do Livro, Leitura e Literatura no Sertão) em conversa sobre o trabalho de movimentação e divulgação da literatura brasileira na região. Mas, seremos também agraciados com a visão do escritor sergipano Antonio Carlos Viana, autor de “Jeito de matar lagartas”, contista de referência no país, sobre a construção de suas histórias curtas que revelam lados curiosos do brasileiro. E ainda temos cronista paranaense Luís Henrique Pellanda, um dos nomes que está hoje reformulando a crônica no Brasil, que faz lançamento em primeira mão do seu novo livro “Detetive a Deriva”Para alguém do Sul, como eu, ir a uma Feira do Livro às margens do Rio São Francisco, no sertão pernambucano, é quase uma alegria de fundo mítico, aquele tipo de alegria que me dá a certeza de que novas descobertas serão feitas. Sou de Curitiba, uma cidade de rios enterrados, e o São Francisco (que ainda não conheço) sempre me mesmerizou. Em relação ao crescimento da literatura no sertão, estou ansioso por esse encontro”, diz o escritor que lança em primeira mão no Nordeste sua nova obra.
“Nos últimos anos, tive a felicidade de conhecer grande parte do Brasil por conta do que escrevo e de minhas oficinas literárias. Quando comecei, jamais imaginei que escrever me traria um retorno tão concreto e prolífico quanto o que me dão esses encontros presenciais com tanta gente de tantos lugares diferentes. Sinto que o Brasil (não só o sertão, mas o litoral, os interiores, as cidades grandes) começa a ler, a ler-se, e a escrever-se melhor também. É quase uma tomada de consciência. Mais do que nunca precisamos fortalecer essas pontes entre quem lê e quem escreve Brasil afora”, comenta Luis Henrique Pellanda. Ansioso por este encontro a agenda do escritor será movimentada com a realização ainda de uma oficina o cronista Luís Henrique Pellanda, que ministrará uma oficina sobre a importância da crônica. Mas, ainda teremos muita coisa boa no sábado (06) como a escritora pernambucana Micheliny Verunschk fala da transição da poesia para a prosa e do seu recém lançado romance “Aqui, no coração do inferno”, que repensa o Brasil na virada entre os anos 70 e 80. Por sua vez, o poeta Miró da Muribeca, homenageado em 2015, na X Bienal Internacional do Livro de Pernambuco (evento realizado no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda), irá lançar seu novo livro “O Penúltimo Olhar Sobre as Coisas” e comemorará seus 56 anos com o público com um Recital Poético.
            Na Plataforma de Lançamentos, que é um dos espaços de grande relevância dentro da Feira, teremos quase 25 lançamentos e bate papos com escritores da região. Coordenada pelo parceiro e poeta de Juazeiro João Gilberto Guimarães Sobrinho, conta nesta edição com a maior agenda de projetos de expoentes da região no evento. Entre os nomes que integram seus projetos nesta iniciativa estão, por exemplo, nesta sexta (05), a escritora Ana R Costa de Petrolina, que lança às 14h, o seu “De Volta Pra Casa” que enfoca família e espiritualidade e faz com que o leitor tenha um encontro consigo mesmo e descubra qual o real propósito de sua vida, e desta forma possa ter vida em abundância; e o pesquisador Marcos Antonio Drumond, que apresenta às 19h30 o seu trabalho "Umbuzeiro", que retrata a cultura e o cultivo desta árvore nativa da caatinga, compartilhando com o público um pouco dos seus 40 anos de investigação na área pela Embrapa.
            No sábado (06), cultura, conhecimento e pesquisa são pontos altos em destaque também na Plataforma de Lançamentos com o lançamento às 15h de “Blog do Noblat: Estilo e autoria em jornalismo” por Teresa Leonel, que desmistifica o olhar sobre a comunicação como mero ambiente informacional; o resgate às 16h30 da memória nordestina com o livro "Sertanejos de Petrolina"  de Inácio Nogueira (in memorian), será lançado pelo seu filho Newton Pionorio, que marcam a importante contribuição do IF Sertão, como docentes da instituição de ensino; a beleza da consagrada e mundialmente obra do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry (1900-1944), às 17h, numa proposta inovadora com “O Pequeno Príncipe em Cordel de Josué Limeira da Silva Júnior, uma adaptação da obra com ilustrações de Vladimir Barros; e a presença de Elisabet Moreira que coloca a tona o seu projeto “Para uma antropologia do sertão”.
O universo lúdico enquanto narrativa própria também se faz presente no Palco da Feira do Livro, às 15h, na Contação de Histórias “O canto do Urutau”, realizada por Ramon Dias e José Anderson do Educativo Cais do Sertão/Coletivo Lá no Meu Sertão Caboclo Lê. O Canto do Urutau traz para o público infantil uma imersão no universo místico sertanejo em forma de fábula, numa viagem musical que incentiva o interesse pela literatura e pelos contos e lendas que compõem o imaginário popular da região. E as peculiaridades das nossas cultura e tradições são destaque ainda no trabalho da pesquisadora Maria Alice Amorim que comanda na sala Sebrae 1, às 15h um bate papo com o tema “O Cordel no Terceiro Milênio”, em que compartilha seu conhecimento e destaca como é essa produção nos dias da cibercultura, com Juliana da Mata Cunha ( historiadora do IPHAN) , Ana Ferraz ( Editora Coqueiro) e  Rosilene Alves de Melo  (Profª Drª  da Universidade Federal de Campina Grande/PB) .
A agenda do fim de semana mantém uma pauta pensada e desenvolvida especialmente para integrar a criançada em um ambiente que interligue o lúdico com as adoradas brincadeiras, através da Bienalzinha, uma iniciativa vinculada às ações da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, em parceria com a Cia. do Lazer. A Bienalzinha na Feira do Livro do Vale do São Francisco movimenta uma agenda própria e envolve atividades para animar o público infantil como o Brincando com as Letras, Quiz Literário, Brinquedo Cantado, Cantinho da Criação, Jogos Gigantes, Gincana do Livro, Rally do Conhecimento, Contação de história interativa, além de bate papo com diversos autores.
As informações sobre essas atividades podem ser levantadas antecipadamente no site http://www.feiradovale.com.br/, assim como toda programação da III Feira do Livro do Vale do São Francisco.
 
SERVIÇO:III FEIRA DO LIVRO DO VALE DO SÃO FRANCISCO (http://www.feiradovale.com.br/)
Quando: De 04 a 07 de Agosto de 2016, das 14h às 21h
Onde: Centro de Convenções Nilo Coelho de Petrolina

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA:
Ivelise Buarque (Jornalista) | Assessora de Imprensa - Fone: (81) 99194-0814

Nenhum comentário