Seja muito Bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia  Jaguarari-BAHIA,

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Estudantes participam de ações contra o Aedes aegypti em Senhor do Bonfim

As escolas da rede estadual de ensino continuam mobilizando os estudantes por meio de ações voltadas para o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor das doenças zika, chikungunya e dengue. No interior do estado estão sendo realizadas palestras, atividades lúdicas, mutirões de limpeza, visitas e distribuição de materiais informativos aos moradores locais, com o objetivo de chamar a atenção da população para a importância da prevenção e combate ao foco do mosquito.

No Colégio Estadual Senhor do Bonfim, localizado no município de Senhor do Bonfim (382 km de Salvador), os estudantes do ensino fundamental e médio estão relacionando o mosquito aos conteúdos das distintas disciplinas. Desta forma, eles ampliam o conhecimento e repassam o que aprendem para vizinhos, amigos e familiares.

Nas disciplinas de Química e Física os estudantes aprenderam a construir maquetes sobre o ciclo de vida do Aedes, fizeram estudos de gráficos sobre o índice das doenças na cidade e, também, sobre os alimentos que podem ser usados para reforçar o sistema imunológico no combate às doenças. Nas aulas de Língua Portuguesa, os estudantes do 6º ano criaram e apresentaram textos de literatura de cordel e paródias sobre a temática, numa praça próxima ao colégio, e confeccionaram máscaras do mosquito, murais e cartazes informativos para mobilizar a população em caminhadas pelas ruas da cidade.
“Foi muito bom participar e conscientizar a comunidade porque tivemos a oportunidade de passar um pouco do nosso conhecimento adquirido nas atividades realizadas no colégio”, diz a estudante Raquel Santana da Silva, 18 anos, do 3º ano.

A professora de Língua Portuguesa, Solange Neves Macedo, destaca que “além de estimular o aprendizado, as atividades como as apresentações culturais serviram para atrair e prender a atenção das pessoas da comunidade, levando-as à reflexão”, afirma a educadora.

No município de Catu (94 km da capital), os estudantes do Colégio Estadual Maria Isabel de Melo Goes estão participando de palestras com agentes de saúde para repassar as informações para a população. Como parte das ações preventivas, recentemente, eles realizaram mutirões pelas ruas do bairro onde a escola funciona para identificar e limpar os possíveis focos criadouros do mosquito.

Para Naiane Brito dos Santos, 14, do 9° ano, é muito importante poder contribuir na luta contra o mosquito. “É indispensável que cada um faça a sua parte para combater o Aedes e por isso me juntei aos colegas neste mutirão de limpeza”, afirma a estudante. Seu colega Cícero Silvestre, 15, também aprovou a iniciativa. “Mesmo após o mutirão eu continuo mobilizando os meus amigos, familiares e vizinhos do meu bairro porque é muito importante colaborar com a comunidade”, destaca o estudante.


Fotos: acervo pessoal

Assessoria de Comunicação - ASCOM
Secretaria da Educação do Estado da Bahia

0 comentários:

Postar um comentário

Não há suporte a flash!