Seja muito Bem Vindo(a) ao Maior Portal de Notícias do interior do Estado da Bahia  Jaguarari-BAHIA,

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Número de apreensões cresce com blitze na Bahia

Foto: (Blitz da CETO e ROCAM em Senhor do Bonfim / Foto: Portal Jaguarari)
Desde que a Polícia Militar aumentou em 50% o número de realização de blitze em agosto de 2015, o número de apreensões de armas e flagrantes cresceu em todo Estado. Consequentemente houve também a redução de crimes como roubo de veículos. De 8.700 postos de abordagem mensal, o número passou para 13 mil.

Os indicadores comprovam os resultaldos, quando se faz um comparativo do mês de janeiro ao dia 10 de maio deste ano com o mesmo período do ano passado. O número de apreensões de armas de fogo passou de 1.879 em 2015 para 3.038 em 2016, o que equivale a um acréscimo de 61,7%. Foram recuperados 2.011 veículos em 2015, e 3.468 em 2016, um acréscimo de 72,5%. Já o número de flagrantes passou de 4.281 em 2015 para 7.920 em 2016, um acréscimo de 85%. Em 2015 foram realizados 2.778 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), e 5.722 em 2016, um acréscimo de 106%.

A Operação Apolo, especializada no combate a roubo a veículos, registrou uma queda desse tipo de crime em Salvador de 14,1%, no perído de 1º de janeiro a 8 de maio de 2016 comparado a 2015. ”Gradualmente horários e locais são ajustados de acordo com avaliações da mancha criminal e de impactos ao trânsito”, explicou o major Borges, comandante da unidade.

Os resultados positivos da intensificação das ações da Polícia Militar revelam a importância da atuação em blitz. Dessa forma a instituição sempre solicita o apoio, a paciência e a colaboração da população sobre a necessidade dos postos de abordagem. “O objetivo final sempre é a segurança e diminuição da criminalidade em todo o Estado da Bahia, pelo próprio bem da população”, ressalta o comandante de Operações da Polícia Militar (COPPM), coronel Paulo Uzêda.

Equipe DCS

0 comentários:

Postar um comentário

Não há suporte a flash!